Lançado o DXVK 0.70 com suporte inicial para o Direct3D 10 sobre a Vulkan


Dando continuidade ao seu incrível progresso no sentido de ajudar os jogadores Linux a jogar seus jogos favoritos do Windows no Linux, o DXVK 0.70 chega com uma novidade que muitos aguardavam desde a criação do projeto. Trata-se do suporte inicial para o Direct3D 10 sobre a Vulkan, o que permite que mais games sejam executados, além dos títulos que fazem uso do Direct3D 11.

"O DXVK agora suporta o D3D10 além do D3D11. Como o DXUP, a implementação do D3D10 é um wrapper muito fino em torno das interfaces D3D11 existentes, enquanto permite uma melhor interoperabilidade entre as duas APIs", diz os desenvolvedores.

Este suporte inicial ao Direct3D 10 é bom o suficiente para rodar a versão de 64 bits do game Crysis, disponível no GOG, e alguns outros jogos. Para executar títulos do D3D10, os desenvolvedores também ressaltam que é necessário ter o d3dcompiler_43.dll (nativo) configurado no prefíxo do Wine.


"A razão para isso é que a API de shader reflection do D3D10 é implementada como um wrapper fino em torno das APIs do D3D11 correspondentes que, diferentemente do D3D10, não fazem parte das DLLs principais do D3D11 e, portanto, não são implementadas pelo DXVK", explicam os desenvolvedores.

O DXVK 0.70 também traz suporte para o método ClearView do Direct3D 11.1 e instruções duplas estendidas, bem como alterações envolvendo o Winetricks para permitir a configuração de DLLs de 32 e 64 bits para prefixos Wine de 64 bits.

Para mais detalhes sobre o DXVK 0.70, não deixe de conferir o anúncio oficial, clicando aqui. Mais informações sobre o suporte ao Direct3D 10 podem ser conferidas através deste link.


FONTE: Phoronix | DXVK/GitHub

Comentários