É oficial: Valve quer rodar jogos do Windows no Linux com a Vulkan através do Steam


Se você sempre sonhou em rodar seus jogos do Windows de sua biblioteca do Steam na sua distribuição Linux favorita sem ter que realizar algumas configurações extras, parece que você está com sorte: a Valve confirmou hoje, 21 de agosto, que realmente está trabalhando em uma nova versão do Steam Play, que inclui uma versão modificada do Wine, permitindo executar jogos do Windows no Linux diretamente do cliente Steam.

Mas isso não é tudo. Foi confirmado também que o desenvolvimento do DXVK, que permite rodar o Direct3D 10 e 11 sobre a Vulkan, está sendo financiado pela Valve. A empresa de Gabe Newell realmente contratou o desenvolvedor do projeto DXVK desde o mês de fevereiro. Isso explica o grande progresso que o DXVK teve nos últimos meses.

Além disso, a companhia também tem ajudado a financiar o projeto VKD3D, que pretende rodar o Direct3D 12 sobre a Vulkan, e tem contribuído com correções de desempenho e funcionalidade para a biblioteca do Wine wined3d, o que deve beneficiar, por exemplo, o suporte ao Direct3D 9 e Direct3D 11.

"Em 2010, anunciamos o Steam Play: uma maneira para que os usuários do Steam acessem as versões de seus jogos no Windows, Mac e Linux com uma única compra. Mais de 3.000 jogos que foram adicionados ao Steam após esta data incluem acesso ao Linux e outros novos títulos continuam sendo adicionados diariamente. Desde então, continuamos a buscar novas maneiras de trazer mais títulos para os usuários Linux", explica a Valve.

"Nosso objetivo com este trabalho é facilitar o acesso dos usuários do Steam para Linux a um catálogo mais abrangente. Acreditamos ainda que isto irá permitir que novos desenvolvedores consigam impulsionar o seu trabalho focando no Linux. Isto daria a eles a opção de focar em áreas que realmente possam fazer uma diferença significativa para todos os usuários, como por exemplo o suporte para a Vulkan."

A nova versão beta do Steam Play traz o Proton

Com o anúncio de hoje, a Valve aproveitou também para lançar uma nova versão beta do Steam Play para todos os usuários do cliente Steam para Linux. Esta versão inclui o Proton, uma versão modificada do Wine      inclusive, com o recurso esync habilitado      que oferece melhor compatibilidade com os jogos do Windows.

Com a nova versão beta do Steam Play, os jogos do Windows que atualmente não possuem versão para Linux poderão agora ser completamente instalados e iniciados diretamente do cliente Steam para Linux com Steamworks nativo e com suporte ao OpenVR. Além disso, as implementações do DirectX 11 e 12 agora são baseadas na Vulkan, resultando em um jogo com melhor compatibilidade e menor impacto de desempenho.

O suporte à tela cheia também foi aperfeiçoado: jogos em tela cheia serão expandidos para a exibição desejada sem interferir com a resolução da tela nativa ou exigindo o uso de uma área de trabalho virtual. Outra boa notícia é o suporte para controles compatíveis com o Steam e há aprimoramentos também para games que fazem uso de multi-thread, quando comparado com a versão tradicional do Wine.

A lista de jogos suportados

A Valve também teve o cuidado de separar uma lista inicial de jogos do Windows que funcionam bem com o novo recurso de compatibilidade. Entre os títulos compatíveis, está QUAKE, Tropico 4, Star Wars: Battlefront 2, DOOM, DOOM VFR, PAYDAY: The Heist, STALKER: Shadow of Chernobyl, NieR: Automata, Into The Breach, FINAL FANTASY VI e muitos outros.

Claro, isso não impede que você teste outros jogos da sua biblioteca. A empresa deve adicionar mais games na lista de títulos compatíveis, à medida que o progresso no desenvolvimento do Proton continuar.

Ainda, de acordo com a Valve, para aproveitar todo o potencial do novo Steam Play, basta manter os driver de vídeo atualizados e, ao menos por enquanto, participar do beta do cliente Steam. Outra boa notícia, confirmada pelo site GamingOnLinux, é que os jogos para Windows executados com o modo de compatibilidade serão contabilizados como sendo executados no Linux na pesquisa de software e hardware do Steam, diferente do que acontece atualmente com o Wine.

Para mais detalhes sobre o novo Steam Play, Proton e tudo o que a Valve anda trabalhando no sentido de trazer mais jogos para o sistema do pinguim, não deixe de conferir o anúncio oficial da empresa, através deste link.


FONTE: GamingOnLinux | Valve

Comentários