Steam Play já permite que mais de 1000 jogos do Windows sejam perfeitamente jogáveis no Linux


Na semana passa, a Valve anunciou uma nova versão beta do Steam Play, que permite aos usuários jogarem no Linux os títulos de suas bibliotecas que possuem suporte apenas para o Windows. Embora tudo não funcione perfeitamente bem, pois ainda precisa ser feito uma grande quantidade de trabalho e otimização, em menos de uma semana, o número de games perfeitamente jogáveis ​​no Linux com o Steam Play chegou a mais de 1000 títulos.

Isso é um aumento significativo de jogos disponíveis para Linux no Steam praticamente da noite para o dia, e é garantido que este valor suba ainda mais à medida que a comunidade Linux continua testando a enorme biblioteca de jogos para Windows em suas distribuições Linux favoritas. Só para lembrar, a Valve colocou oficialmente apenas 27 títulos nesta fase inicial, mas, como você agora deve imaginar, podemos esperar que esse número cresça em ritmo acelerado.

No momento da escrita deste artigo, 2227 jogos únicos foram testados pelos usuários da biblioteca disponível para Windows no Steam. Cada jogo recebe uma das seis classificações: Completamente Estável (Completely Stable), Estável (Stable), Instável (Unstable), Não Jogável (Unplayable), Crashes ou Não Inicia (Won't Start). Uma classificação Completamente Estável significa que o jogo exibe um desempenho nativo e sem erros. Desde o início dos testes, 1022 títulos únicos foram carimbados com um status Completamente Estável.

Vale ressaltar que os resultados dos testes podem variar dependendo da versão do driver da placa de vídeo e do sistema operacional. Note que o Ubuntu responde por cerca de 37.1% de todas as submissões (o Arch Linux está em segundo lugar), e 65.3% dos usuários estão rodando os jogos com GPUs da NVIDIA.



À medida que as horas passam, está ficando claro como é benéfico esta última atualização do Steam Play para a comunidade Linux em geral. Antes que isso acontecesse, os usuários Linux tinham que usar soluções como Wine e DXVK para obter esses jogos rodando com vários graus de sucesso. Mesmo com ferramentas que possem interface gráfica agradável, como o Lutris, ainda havia várias configurações para serem realizadas.

Agora o Steam automaticamente aplica essas configurações e várias personalizações em cada jogo. É tão transparente quanto simplesmente instalar um jogo no Windows. Você pode até mesmo apontar o seu cliente Steam para Linux em sua instalação do Windows, e ele fará o download das atualizações necessárias.


Novamente, você não pode esperar que todos os jogos funcionem como se fossem nativos. Ainda não. Possivelmente nunca. Especialmente os games que contam com software problemático de DRM e anti-cheat. Contudo, os demais jogos que não possuem esse tipo de coisa devem rodar bem agora ou com as próximas atualizações do Steam Play.

Os relatórios de compatibilidade do Steam Play mantidos pela comunidade podem ser vistos clicando aqui. Você pode enviar seus próprios resultados através deste link. Você também pode verificar uma versão amigável para a Web dos resultados compilados em spcr.netlify.com e classificá-los ao seu gosto.


FONTE: Forbes

Comentários