Valve pode estar trabalhando em recurso que permite rodar jogos do Windows no Linux [rumor]


De acordo com informações do SteamDB, que recentemente vieram à tona em uma publicação no Reddit, a Valve pode estar trabalhando nos bastidores em um recurso muito aguardadas pelos jogadores, especialmente aqueles que tem vontade de migar de vez para o Linux, porém, ainda não o fizeram pelo fato de seus games favoritos não terem suporte para a plataforma ou por contas dos aplicativos disponíveis exclusivamente para isso possam ainda parecer complicados para iniciantes.

Trata-se do suporte para ferramentas de compatibilidade, como o Wine      e talvez com uma pitada de algo como o DXVK     , para permitir que você jogue títulos em sistemas operacionais para os quais não foram projetados. Isso basicamente significa que os games desenvolvidos para o Windows funcionaram também no Linux, embora com uma redução do desempenho, já que, obviamente, não se trata de um jogo nativo.

Nas informações obtidas no SteamDB, existe uma string que se destaca, chamada "Steam_Settings_Compat_Info" onde a descrição diz "O Steam Play instalará automaticamente ferramentas de compatibilidade que permitem que você jogue jogos da sua biblioteca que foram construídos para outros sistemas operacionais".

Existe também outra chamada "Steam_Settings_Compat_Advanced_Info", que destaca: "Você pode selecionar uma ferramenta de compatibilidade para usar com jogos que não foram testados ou verificados para funcionar nesta plataforma. Isso pode não funcionar como esperado e pode causar problemas com seus jogos, incluindo falhas e save games quebrando". Curiosamente, a Valve também tem um conjunto de pacotes Valve Compatibility Manifests e Valve Compatibility Manifests for Beta Testing.

Ter a habilidade de usar ferramentas como o Wine de dentro do cliente nativo do Steam para Linux é, na verdade, algo que foi requisitado por um longo tempo por um grande número de pessoas. Poderia certamente tornar o uso do Wine menos complicado para os jogos do Steam. Isso também pode até dar aos desenvolvedores uma ideia melhor de quantas pessoas estão em sistemas operacionais diferentes, caso o recurso apareça em suas estatísticas quando alguém estiver usando a novidade.

Pode até ser uma jogada de negócios bastante inteligente para a Valve, já que isso pode levar mais pessoas a comprar jogos que tenham uma classificação decente suficiente por meio de uma dessas ferramentas de compatibilidade.

Com tudo, vale ressaltar que ainda não há nem uma confirmação oficial por parte da Valve até o momento, fazendo com que tal informação, a menos por ora, seja considerada apenas um rumor.


FONTE: GamingOnLinux

Comentários