Canonical quer fazer uma grande reforma no Ubuntu Software e a Apple App Store parece ser a inspiração


A Canonical, empresa responsável pelo popular Ubuntu, está propondo um grande redesenho para o Ubuntu Software, a loja de aplicativos do seus sistema operacional. A ideia é facilitar a vida dos usuários, facilitando ainda mais a descoberta de novos aplicativos com mais frequência do que acontece atualmente e parece que a Apple App Store é a inspiração para o novo redesenho.

Para fazer as mudanças, uma série de maquetes que representam a página inicial idealizada para as lojas GNOME Software e Ubuntu Software foram produzidas pelo membro da equipe de design da Canonical, Matthew Paul Thomas, com o objetivo de tornar a experiência do catálogo um pouco mais emocionante.

A atual experiência com o Ubuntu Software não é das melhores

Um banner no topo da página inicial da loja fala sobre um aplicativo (Snap) em destaque. Abaixo existe uma lista de categorias gerais de software, seguido por aplicativos sugeridos. Este é o atual visual da "loja de aplicativos" do Ubuntu.


Embora isso possa funcionar para alguns, a verdade é que a experiência da “descoberta” de novos aplicativos é muito pobre. Claro, existem categorias e suporte para mostrar aplicativos que correspondam a um termo de pesquisa mais geral. Mas a classificação de apps na lista, que parece melhor ou defeituosa na pior das hipóteses, não é particularmente útil.

O exemplo desesperado da Canonical em empurrar (principalmente irrelevantes) aplicativos Snap, acima de tudo, complica ainda mais as coisas. Depois, há listas de aplicativos em si, onde geralmente não são encontradas capturas de tela úteis ou descrições concisas.

Uma nova experiência no Ubuntu Software

Felizmente, a Canonical sabe da atual experiência pobre do Ubuntu Software e está trabalhando para que os usuários possam usar a loja de aplicativos para explorar e instalar mais apps, com mais frequência. Entre as ideias presentes no redesenho proposto, está a intenção de transformar a primeira página do Ubuntu Software em algo parecido com uma “revista”: uma seção de "notícias" com listas, entrevistas de desenvolvimento; uma seção para aplicativos novos e populares e Uma 'categoria em destaque' que muda frequentemente.

"Quanto mais interessantes pudermos fazer a primeira página, maior a probabilidade de as pessoas retornarem e encontrar software que seja útil para elas”, explica Matthew Paul Thomas, da Canonical,  em sua publicação no Gitlab.



Sob esses novos planos, a página inicial da loja rapidamente se sentiria mais viva, mais envolvente e mais dinâmica. Seria um portal em constante mudança, com conteúdos atraentes para os mais recentes e melhores aplicativos Snap disponíveis.

A chave para os planos é a introdução do conteúdo "editorial", semelhante ao que pode ser encontrado na App Store, da Apple, desde o lançamento do iOS 11 (e chegando à versão desktop no macOS High Sierra):


Estamos falando de listas de aplicativos do tipo: "os melhores jogos novos da semana!", "5 aplicativos para criar selfies impressionantes" e "Software para relaxamento". Isso também inclui tutoriais para aplicativos, entrevistas com desenvolvedores de ferramentas adicionadas recentemente e notícias gerais sobre a distribuição Linux em si.

Essas ideias são meras ideias

Embora os planos para uma grade reformulação do Ubuntu Software possa parecer uma boa ideia, nada foi confirmado ou planejado, e a "próxima etapa" para a Canonical é produzir melhores modelos e wireframes para explorar as ideias. Ou seja, ainda não há uma data de lançamento ou algo do tipo.

Só nos resta esperar e ver qual será o próximo passo real da Canonical no sentido de melhorar a experiência da loja de aplicativos do Ubuntu.


FONTE: OMG! Ubuntu!

Comentários