Dev pede sua ajuda para testar o NVIDIA PRIME no Ubuntu 18.04 LTS e Ubuntu 18.10


Com a chegada do Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver) como o primeiro lançamento do Ubuntu LTS (Long Term Support) a ser fornecido com o ambiente gráfico GNOME por padrão, em vez do Unity 7 desenvolvido internamente pela Canonical, os usuários com laptops híbridos com GPUs Intel e NVIDIA perderam o modo como o NVIDIA PRIME trabalhou na série Ubuntu 16.04 LTS (Xenial Xerus).

Mas parece que alguns desenvolvedores do Ubuntu, como Alberto Milone, nunca pararam de procurar uma solução, e ele e sua equipe lançaram com sucesso um patch para corrigir um problema que aumentava o consumo de energia ao usar o perfil de economia de energia com a GPU da NVIDIA desligada, bem como a incapacidade de alternar entre os perfis de energia ao sair.

"Ambos os problemas devem ser corrigidos no Ubuntu 18.10, e eu trouxe também esse meu trabalho para o Ubuntu 18.04, estando agora disponível para testes", afirma Alberto Milone em uma publicação em seu blog pessoal. "Se você roda o Ubuntu 18.04, possui um laptop híbrido com uma GPU Intel e uma NVIDIA (suportada pelo driver 390 da NVIDIA), nós gostaríamos de receber seus comentários sobre essas atualizações no Ubuntu 18.04."

O desenvolvedor convida tanto os usuários do Ubuntu 18.04 LTS como do Ubuntu 18.10 (ainda em desenvolvimento) que possuem um laptop híbrido com GPU Intel e Nvidia para testarem o suporte ao NVIDIA PRIME, já que as novas correções estão disponíveis para esses sistemas operacionais.

No entanto, se você estiver usando os gerenciadores de login LightDM ou SDDM, o suporte ao NVIDIA PRIME poderá não funcionar como o esperado. O desenvolvedor ainda está trabalhando em algumas correções para adicionar compatibilidade com esses gerenciadores de login, que ele diz que serão disponibilizados na próxima atualização, portanto, fique atento para mais detalhes em breve.

Para testar o suporte NVIDIA PRIME agora, veja as informações disponíveis neste link.


FONTE: Softpedia

Comentários