Lançado o driver de vídeo NVIDIA 410.57 Beta com suporte para a GeForce RTX 2080


A NVIDIA anunciou nesta quarta-feira (19) uma nova versão beta, a 410.57, do seu driver de vídeo para a plataforma Linux, que chega trazendo suporte para as recém anunciadas GeForce RTX 2080 e GeForce RTX 2080 Ti. O novo driver certamente é mais interessante para os proprietários de GPUs Volta e Turing, mas também há algumas atualizações para EGL e Vulkan, além de outras novidades.

Entre os destaques do novo NVIDIA 410.57 Beta, podemos citar o suporte também para as GPUs Volta Tesla V100-SXM2-16GB-LS, V100-PCIE-16GB-LS, V100-SXM2-32GB-LS e V100-SXM3-32GB, um indicador visual da API gráfica, que é uma exibição na tela renderizada sobre o jogo ou aplicativo e mostra se a Vulkan ou o OpenGL está sendo usado para a renderização e suporte para para transformações X11 RandR em saídas onde o driver é usado como uma fonte de saída RandR 1.4 sincronizada.

Além disso, agora é exposto o "EGL 1.5" como a string de versão, embora as extensões EGL necessárias já fossem suportadas, adicionando a engine de ray tracing OptiX (libnvoptix.so.1), bem como as extensões de ray tracing em tempo real para a Vulkan via VKX_NV_raytracing. O ray tracing com a Vulkan também traz as novas bibliotecas libnvidia-rtcore.so e libnvidia-cbl.so.

Também foi removido o suporte para a extensão Vulkan VK_NV_glsl_shader. Essa extensão foi adicionada antes que o ecossistema Vulkan tivesse compiladores e ferramentas SPIR-V maduros. Agora que esses componentes do SPIR-V ganharam grandes avanços nos últimos tempos, os desenvolvedores Vulkan são encorajados a usar o SPIR-V em vez do GLSL.

Para mais detalhes técnicos sobre o NVIDIA 410.57 Beta, não deixe de conferir o anúncio oficial, clicando aqui.


FONTE: Phoronix | NVIDIA

Comentários