Lançado o Fedora 29 com o GNOME 30 e modularidade está disponível em todas as edições


Foi lançado na última terça-feira (25) a versão beta do Fedora 29, que está em desenvolvimento nos últimos meses, desde o lançamento do Fedora 28 em 1º de maio de 2018, e está sendo construído com base no recém-lançado ambiente gráfico GNOME 3.30 para a edição principal Workstation, além do Linux Kernel 4.18. O sistema operacional está disponível para ser testado por todos.

O suporte ao Raspberry Pi (ARM) também foi aprimorado nesta versão, que apresenta o suporte a ZRAM para partições SWAP em arquiteturas ARMv7 e AArch64 (ARM de 64 bits). Além disso, o Fedora 29 Beta expande os repositórios modulares introduzidos na edição para servidores do Fedora 28 para todas as edições oficiais, incluindo os Fedora Spins e Labs. Além disso, como esperado, os usuários que quiserem experimentar o beta também terão acesso a novas tecnologias de software livre como o GNU C Library (Glibc) 2.28, Python 3.7, Perl 5.28. MySQL 8 e Golang 1.11.

"O Fedora 28 introduziu repositórios modulares para o Fedora Server Edition. Para o Fedora 29 Beta, a modularidade está disponível em todas as edições, Spins e Labs. A modularidade disponibiliza várias versões de pacotes importantes em paralelo e funcionará com o mesmo DNF que você já conhece", diz o anúncio oficial.

Fedora 29 deve ser lançado no final de outubro de 2018

Entre outras mudanças notáveis ​​implementadas no próximo lançamento do Fedora 29, que deve chegar no final de outubro de 2018, seja no dia 23 ou no dia 30, de acordo com o calendário oficial de lançamento, o Fedora Atomic Workstation foi renomeado como Fedora. O Silverblue e o menu de bootloader do GRUB estão agora ocultos por padrão em PCs onde apenas o Fedora está instalado.

Se você está ansioso para experimentar o sistema operacional Fedora 29 em seu computador pessoal, você pode baixar a versão beta agora mesmo através do site oficial do desenvolvedor. No entanto, lembre-se de que se trata de uma versão de pré-lançamento, portanto, erros são mais que esperados.


FONTE: Softpedia | Fedora Magazine

Comentários