Vulkan 1.1.85 chega com ray tracing e outras novas extensões da NVIDIA


Levando em conta o lançamento das GPUs Turing, ainda não era certo se a NVIDIA forneceria o suporte para a Vulkan no mesmo dia para o RTX/ray-tracing com as placas de vídeo GeForce RTX ou se a novidade, por enquanto, estaria disponível apenas para o Direct3D 12 no Windows. Felizmente, como já foi relatado, o novo driver da empresa tem suporte ao Vulkan RTX. Além disso, a extensão VK_NVX_raytracing e outras atualizações da NVIDIA estão fazendo parte da nova versão da Vulkan, a 1.1.85.

O mais interessante com a Vulkan 1.1.85 é a nova extensão VK_NVX_raytracing para habilitar um fluxo de trabalho para ray tracing com a API gráfica. Como está implícito no pre-fix do fornecedor "NVX", esta é atualmente uma extensão experimental da NVIDIA, mas será amplamente melhorada no futuro e, eventualmente, provavelmente haverá uma extensão oficial para ray tracing na Vulkan apoiada por vários fornecedores, além da própria NVIDIA.

Além da VK_NVX_raytracing, também foram implementadas as extensões VK_NV_mesh_shader, VK_NV_compute_shader_derivatives, VK_NV_corner_sampled_image, VK_NV_fragment_shader_barycentric, VK_NV_representative_fragment_test, VK_NV_scissor_exclusive, VK_NV_shader_image_footprint e VK_NV_shading_rate_image.

É ótimo ver o suporte para o RTX ray tracing e mesh shaders incluído na Vulkan em tempo para o dia de lançamento para aqueles fora do espaço do Direct3D. Mesh shaders fazem parte de um novo pipeline de sombreamento geométrico programável que permite a geração de malhas compactas "meshlet" na GPU. Os mesh shaders funcionam não apenas com o Microsoft Direct3D 12, mas agora também podem ser configurados com novas extensões do OpenGL e Vulkan.

Além das novas extensões da NVIDIA, a Vulkan 1.1.85 também traz algumas correções e atualizações para a documentação. A especificação, como sempre, está disponível no site do Khronos Group.


FONTE: Phoronix

Comentários