10 coisas para se fazer após instalar o Ubuntu 18.10


Cobrindo o mais recente lançamento estável, a nossa lista de 'coisas' para se fazer depois de instalar o Ubuntu 18.10 está repleta de dicas úteis, que ajudam você a obter a melhor experiência com a sua nova instalação do Ubuntu. Nada aqui é obrigatório, então sinta-se à vontade para escolher os passos que se aplicam a você. Nós também convidamos você para acrescentar mais coisas a lista na seção de comentários com suas próprias sugestões.

1. Atualize o seu sistema


Novas atualizações adicionais para o Ubuntu 18.10 podem ter sido lançadas desde que você fez a instalação do sistema operacional. Para descobrir se correções de segurança ou de bugs estão esperando por você, basta verificar por atualizações manualmente.

É bem fácil verificar atualizações no Ubuntu. Basta iniciar a ferramenta "Atualizador de programas" na grade de aplicativos (menu de apps). O aplicativo irá verificar automaticamente as atualizações depois de abri-lo.

2. Ative os codecs multimídia


O Ubuntu oferece a instalação de codecs de terceiros e bibliotecas extras restritas (incluindo o plugin Adobe Flash) durante o processo de instalação do sistema (como mostra a imagem acima), mas geralmente é fácil ignorar a opção, pois ela não é marcada por padrão.

Você precisa instalar codecs de mídia para reproduzir arquivos MP3, assistir a certos tipos de vídeo online e aproveitar o suporte aprimorado da placa de vídeo no Ubuntu. A boa notícia é que é muito fácil obter os codecs de mídia e pacotes necessários, algo que pode ser feito clicando aqui para iniciar a instalação.

3. Instale o driver da sua placa de vídeo


Se você possui uma placa de vídeo da NVIDIA e quer obter o melhor desempenho com ela, é recomendado que você instale o driver fornecido pela empresa. Este passo é importante também se você planeja jogar os games lançados recentemente para Linux, precisa de maior velocidade com o seu chip Wi-Fi ou caso use determinados recursos avançados do processador.

Para conferir se drivers adicionais estão disponíveis para o seu hardware, vá para a sessão "Drivers Adicionais" na ferramenta "Programas e atualizações" e siga as instruções na tela.

4. Habilite o "minimizar ao clicar" para o Ubuntu Dock


À esquerda da área de trabalho do Ubuntu fica o Ubuntu Dock. Essa barra de tarefas simplificada facilita a abertura, o gerenciamento e a alternância entre aplicativos em execução e apps "fixados". Mas não é perfeito, especialmente para aqueles que gostam de minimizar os aplicativos ao clicar em seus respectivos ícones.

Contudo, o Ubuntu Dock tem esse recurso desativado e a configuração para ativá-lo está oculta. Se você quiser ativar o "minimizar ao clicar" para o Ubuntu Dock, execute o seguinte comando no Terminal (que você pode abrir usando o atalho de teclado Ctrl+Alt+T):  gsettings set org.gnome.shell.extensions.dash-to-dock click-action 'minimize' .

5. Deixe o Firefox com uma aparência mais compacta


O Firefox é o navegador padrão do Ubuntu — e com razão! Trata-se de um navegador de código aberto, rápido e compatível com os padrões modernos da web, que funciona muito bem e também é ótimo. No entanto, há aqueles que acham o browser um pouco "grande" em comparação com os seus concorrentes.

O Firefox usa uma barra de título da janela tradicional por padrão. Isso torna o navegador fácil de mover, mas aumenta substancialmente o espaço geral que a janela do navegador ocupa. Felizmente, o Firefox esconde uma aparência compacta e simplificada em suas configurações.

Vá para "Personalizar", no menu do navegador, e desmarque a caixa "Barra de título" na parte inferior da página de configurações. O browser instantaneamente irá encaixar em seu novo visual mais limpo e você terá mais espaço na sua tela!

6. Desbloqueie as configurações ocultas com Tweaks


O aplicativo Tweaks é uma ferramenta essencial para se ter no Ubuntu. Com o utilitário, é possível realizar ajustes e acessar uma variedade de configurações e opções que o painel de configurações padrão do sistema operacional não possui.

Usando o utilitário, você pode alterar o tema do GTK e de ícones, mover os botões da janela para a esquerda, ativar "porcentagem de bateria" na barra superior, alterar as fontes do sistema, gerenciar extensões do GNOME e muito mais. Você pode obter o aplicativo agora mesmo no seu Ubuntu clicando aqui.

7. Mude a direção de rolagem do touchpad


Se você estiver usando um laptop com o touchpad, você perceberá que a direção de rolagem padrão do Ubuntu é totalmente antinatural, apesar de ser chamada de “rolagem natural”. Se você não gosta disso e quer que a rolagem de dois dedos role verticalmente na direção oposta, você pode ajustar a configuração facilmente.

Vá para Configurações > Dispositivos > Mouse & touchpad e defina a configuração "Rolagem natural" como desativada. Um simples ajuste para uma experiência de rolagem mais sã!

8. Ative a "luz noturna" para dormir melhor


A maioria de nós sabe que ficar boquiaberto diante da tela do computador antes de ir para a cama pode afetar nossa capacidade de dormir adequadamente. Assim como a versão anterior, o Ubuntu 18.10 vem com o recurso “luz noturna” que, quando ativado, ajusta as cores do monitor, reduzindo a quantidade de luz azul que a tela emite, ajudando nos padrões naturais de sono.

Para experimentar o recurso, vá para Configurações > Dispositivos > Monitores > Luz noturna e marque a caixa de mesmo nome.

9. Habilite a exibição da porcentagem da bateria


O Ubuntu exibe um pequeno ícone de bateria na barra superior. Isso mantém você informado sobre a quantidade de energia da bateria que o dispositivo possui — mas, embora o ícone da bateria seja fácil de entender, ele também é terrivelmente pequeno.

Você pode fazer com que a barra superior passe a exibir a porcentagem da bateria como números, dando assim mais controle sobre a quantidade de energia restante na bateria. Para mostrar a porcentagem de bateria no Ubuntu, abra o aplicativo Tweaks (consulte a etapa 6) e vá para Barra superior > Porcentagem da bateria.

Alternativamente, se você é fã do Terminal, pode executar este comando:  gsettings set org.gnome.desktop.interface show-battery-percentage true . Para desfazer a configuração, execute o mesmo comando novamente, mas substitua "true" por "false" (sem aspas). As alterações são aplicadas instantaneamente.

10. Instale aplicativos Snap


A tecnologia Snappy implementa uma nova maneira para os desenvolvedores de aplicativos fornecerem seus softwares para os usuários independentemente de qual distribuição Linux estão executando. O formato Snap oferece um modo seguro de executar a versão mais recente de apps populares sem precisar depender de repositórios de software de terceiros, por exemplo.

Você pode navegar por todos os aplicativos disponíveis na Snap Store através do seu navegador ou usando o Ubuntu Software. Entre os apps mais populares, podemos citar o Spotify, Skype, Hiri, Slack, VLC e Discord.


Com informações de OMG! Ubuntu!

Comentários