Código de exibição ''AMDGPU DC'' poderá ter suporte para GPUs GCN 1.0 ''Southern Islands''


A pilha de código de exibição "AMDGPU DC", anteriormente conhecida como DAL, já foi implementada no kernel Linux há algum tempo e atualmente possui suporte mais adequado para modelos de placas de vídeo mais novos da AMD. No entanto, isso pode mudar agora graças a um conjunto de 13 patches para adicionar o suporte para GPUs GCN 1.0 "Southern Islands".

Caso você ainda não conheça o AMDGPU DC, saiba que é a grande pilha de código de exibição necessária para atomic mode-setting, FreeSync/Adaptive-Sync, suporte para áudio via HDMI/DP e outros recursos de exibição modernos. Quando a AMD anunciou o AMDGPU DC, GPUs GCN 1.0 não eram oficialmente suportadas simplesmente por fazerem uso do driver de DRM "Radeon" e não do mais moderno driver de DRM AMDGPU.

O desenvolvedor responsável pelo novos 13 patches é Mauro Rossi, da equipe do Android-x86. Ainda não se sabe se os desenvolvedores da AMD estariam interessados em aceitar esses patches, já que seria um fardo adicional de manutenção para um componente já grande e complexo do driver que também é compartilhado com o driver proprietário do Windows.

Os desenvolvedores do Android-x86 estão trabalhando no suporte para o AMDGPU DC para obter o atomic mode-setting e outros recursos com GPUs GCN 1.0. Embora o atomic mode-setting possa não parecer tão necessário para investir todo esse trabalho, no espaço do Android, se ter o recurso é importante para obter o compositor de hardware DRM e GBM Gralloc funcionando corretamente, algo que é necessário para que o driver Vulkan RADV seja executado corretamente no Android-x86.


Com o desktop Linux convencional, você só precisa que a sua GPU GCN 1.0 seja inicializada com o driver de DRM AMDGPU que terá também suporte ao driver Vulkan RADV e não precisa se preocupar com o atomic mode-setting, mas esse não é o caso do Android-x86. Portanto, há esses 13 patches anunciados como prova de conceito.

Os patches parecem funcionar com base em testes realizados no próprio Android-x86, mas há um switch para o Kconfig CONFIG_DRM_AMD_DC_SI introduzido para evitar o risco de regressão caso um desenvolvedor não queira ou não precise compilar o kernel com o AMDGPU DC habilitado por padrão para GPUs GCN 1.0 Southern Islands.


FONTE: Phoronix

Comentários