IBM compra a Red Hat por US$ 34 bilhões para se tornar o principal provedor de nuvem do mundo


A Red Hat anunciou no último domingo (28) que a IBM comprou a empresa por US$ 34 bilhões, na tentativa de se tornar o principal fornecedor de soluções de nuvem híbrida. Com mais de 25 anos de experiência, a companhia é sem dúvida o fornecedor líder mundial de soluções de software baseadas no open source e Linux com seu grande catálogo de produtos, que inclui o famoso sistema operacional Red Hat Enterprise Linux (RHEL).

Somente em 2017, a Red Hat anunciou receita de US$ 2,9 bilhões e, em 2018, a empresa revelou que obteve um lucro líquido de US$ 258,80 milhões. A companhia também é conhecida por fornecer tecnologias integradas que ajudam outras empresas a criar e gerenciar uma nuvem IaaS (Infrastructure-as-a-Service) privada e aberta.

No entanto, devido à IBM ter adquirido a Red Hat, ela impulsionará a empresa a aumentar drasticamente e acelerar sua missão, na tentativa de vencer a Microsoft, o Google e a Amazon, tornando-se o fornecedor de nuvem número um do mundo.

Após a aquisição, Jim Whitehurst, presidente e CEO da Red Hat, garante que sua empresa continuará sendo a mesma como conhecemos, mas agora com mais poder e dinheiro para investir em inovações open source, proporcionando relacionamentos mais amplos com clientes e parceiros. "Nosso compromisso inabalável com a inovação open source permanece inalterado", disse Jim Whitehurst.


FONTE: Softpedia

Comentários