Lançado o DXVK 0.90 com suporte para Stream Output do Direct3D 11


No início do mês de setembro, relatamos que desenvolvedores de diferentes empresas interessadas na Vulkan, incluindo a NVIDIA, estavam trabalhando em uma nova extensão para a API gráfica para suportar o Transform Feedback, algo que deve ajudar a corrigir problemas de renderização em jogos, como The Witcher 3. Agora, o DXVK 0.90 chega com suporte para Stream Output do Direct3D 11 graças a nova extensão VK_EXT_transform_feedback.

"Implementado o Stream Output. Isso corrige problemas de renderização em muitos jogos, principalmente personagens ou NPCs ausentes em jogos baseados na Unity Engine e em The Witcher 3, Nvidia Hairworks em The Witcher 3 e Final Fantasy XV, assim como problemas em Quake Champions, Overwatch e outros games", diz Philip Rebohle, desenvolvedor do DXVK.

Para fazer uso do novo recurso do DXVK, além de uma versão do Wine corrigida, é necessário também ter instalado o driver NVIDIA 396.54.09 Beta (ou mais recente), no caso dos donos de placa de vídeo GeForce. Os usuários AMD ou Intel precisam instalar a última versão de desenvolvimento da pilha gráfica Mesa, que já possui patches para suportar a extensão VK_EXT_transform_feedback esperando na fila para implementação. Mais detalhes sobre o suporte para o Stream Output no DXVK podem ser conferidos através deste link.

O DXVK 0.90 também tem uma redução no uso da CPU para Assassin's Creed Odyssey e correção para o modo D3D10 do Bioshock, bem como para um problema de resolução em Dark Souls 3 e para uma regressão no game The Evil Within.


FONTE: DXVK/GitHub

Comentários