Linux Mint 19.1 chegará com o Cinnamon 4.0 e suporte para instalar novas versões do kernel


O líder do projeto Linux Mint, Clement Lefebvre, publicou na última terça-feira (30) seu novo relatório mensal onde revela mais detalhes sobre as novidades que estarão disponíveis na próxima versão do sistema operacional, a 19.1, que possui como codinome "Tessa" e trará todos os benefícios do Ubuntu 18.04.1 LTS (Bionic Beaver) sob o ambiente gráfico Cinnamon 4.0, que ainda deve ser lançado.

No Linux Mint 19.1, o Cinnamon 4.0 promete oferecer uma experiência ainda mais moderna, graças a um novo layout para o painel com um design maior e mais escuro. Mas o bom e velho Cinnamon de sempre não deve ir embora, já que os desenvolvedores prometem que estará a um clique de distância se você não gostar do novo visual.


"O Cinnamon 4.0 deve parecer mais moderno graças a um novo layout para o painel. Quer goste do novo visual ou prefira o antigo, queremos que todos se sintam em casa no seu sistema operacional, assim você terá a opção de aceitar a mudança ou, clicando em um botão, você terá a aparência anterior do Cinnamon novamente", diz Clement Lefebvre.

Além disso, a próxima versão do ambiente gráfico trará ícones com pequenas alterações na aparência, um applet de lista de janelas que suporta agrupamento de aplicativos e visualizações de janelas, e o tema Mint-Y-Dark por padrão para um visual mais moderno dos aplicativos. Depois de instalar o Linux Mint 19.1, os usuários poderão escolher entre os tradicionais e modernos layouts de desktop.

Suporte para diferentes versões do kernel e melhorias no Mint-Y

Além do Cinnamon 4.0, que será a principal atração do Linux Mint 19.1 "Tessa", a equipe de desenvolvimento planeja adicionar mais melhorias ao tema Mint-Y para aumentar seu contraste, fazendo com que os rótulos nas janelas pareçam mais nítidos e escuro, para que possam se destacar.


Entre outras mudanças, podemos mencionar o suporte a ícones simbólicos no Redshift, NetworkManager-Applet, MATE Volume Control Applet e no teclado virtual Onboard. Mas provavelmente a mudança mais importante no Linux Mint é o suporte para a instalação de novas versões do kernel Linux diretamente do mainline através do Update Manager, caso você precise de um driver para o seu hardware específico que esteja disponível apenas em certas versões do kernel.

O Linux Mint 19.1 "Tessa" deve chegar no final de dezembro nas edições Cinnamon, Xfce e MATE.


FONTE: Softpedia

Comentários