Wine agora usará o padrão dos contextos do núcleo do OpenGL em GPUs NVIDIA


No início do ano, com o lançamento da versão 3.9, o código Direct3D do Wine passou a usar o padrão dos contextos principais do núcleo do OpenGL 4.4, em vez do contexto legacy/compatibilidade, com GPUs da AMD ou Intel. Com isso, infelizmente, o hardware da NVIDIA acabou ficando de lado, fazendo uso apenas da solução mais antiga. Mas agora isso mudou.

O desenvolvedor Henri Verbeet, da CodeWeavers, realizou algumas alterações no código do WineD3D para permitir que o Wine possa também usar como padrão os contextos do OpenGL para GPUs NVIDIA. As mudanças podem ser conferidas no repositório Wine Git.

O comentário no código não havia mencionado por que os desenvolvedores deixaram a NVIDIA de lado por tanto tempo, mas começando com a versão 3.18 do Wine desta semana, as GPUs da empresa deveriam estar agora fazendo uso dos modernos contextos do núcleo do OpenGL para este código que permite rodar o Direct3D sobre o OpenGL, o que deve ajudar a solucionar problemas de compatibilidade com aplicativos e jogos do Windows.

Contudo, se você estiver jogando principalmente títulos desenvolvidos com o Direct3D 11, você realmente deve experimentar o projeto DXVK para obter o suporte ao D3D11 mais rápido usando a Vulkan. Vale lembrar que, se seu hardware for compatível com a Vulkan, o Steam Play usará por padrão o DXVK.


FONTE: Phoronix

Comentários