Confira os novos recursos do próximo Mesa 18.3 para GPUs AMD e Intel


Recentemente, o próximo Mesa 18.3 entrou no estágio "feature freeze" de desenvolvimento, que é quando não são mais implementados novos recursos, mas apenas correções para problemas que são reportados por aqueles interessados em ajudar com testes. Agora, a nova versão da biblioteca gráfica deve ser lançada em cerca de duas semanas com diversos novos recursos e melhorias.

Para os donos de produtos da AMD, a próxima versão do Mesa contará com suporte para as APUs Raven 2 e Picasso, o driver Vulkan RADV agora poderá lidar com as GPUs Vega 20 e terá também suporte para a funcionalidade Stream-Out do Direct3D, o que deve corrigir problemas de renderização em diversos jogos sendo executados com o DXVK, incluindo The Witcher 3, Final Fantasy XV, Quake Champions, Overwatch e outros games.

Outra boa notícia é que o suporte para decodificação VCN JPEG para APUs Raven Ridge também estará disponível (funciona em conjunto com a versão mais recente do kernel Linux) e foi implementado o suporte para o perfil de compatibilidade do OpenGL 4.5, o que é uma grande vitória para os jogos rodando no Wine/DXVK/Proton com GPUs Radeon.

No lado da Intel, está disponível o suporte para gráficos dos chips Whiskey Lake e Amber Lake, bem como suporte ao estilo PRIME para o driver Vulkan ANV, o que permitirá que a renderização Vulkan possa acontecer com uma GPU Intel enquanto o conteúdo é apresentado a uma tela conectada por meio de uma placa gráfica Radeon, por exemplo. Isso pode ser útil, por exemplo, para desenvolvedores de jogos testarem os gráficos Intel sem precisar alterar as conexões de exibição do monitor.

Há muita coisa boa, especialmente para gráficos da Intel e AMD. Infelizmente, não há muito o que falar sobre o Nouveau e de nenhum suporte para SPIR-V/NIR com este driver open source para GPUs NVIDIA. Mas, no geral, o Mesa 18.3 está se preparando para ser outro grande lançamento.


FONTE: Phoronix

Comentários