NVIDIA está trabalhando em um back-end da biblioteca EGLStreams para o KDE no Wayland


Semelhante ao que aconteceu com o GNOME, um engenheiro da NVIDIA está trabalhando em um back-end da biblioteca EGLStreams para o KWin, o compositor e gerenciador de janelas do ambiente gráfico KDE Plasma. Isso permitirá que o driver proprietário da empresa possa funcionar melhor com o KDE no Wayland.

Até agora, o KWin suportava apenas as interfaces do Mesa GBM. Os desenvolvedores do KDE já disseram que não investiriam no desenvolvimento de um back-end do EGLStream, mas que não iriam se opor caso a NVIDIA contribuísse e mantivesse o código      é o que está acontecendo agora.

Quem está trabalhando no back-end da biblioteca para o gerenciador de janelas do ambiente gráfico é o desenvolvedor Erik Kurzinger, que também é membro da equipe gráfica da NVIDIA. Além do EGLStream, também estão sendo usadas as extensões EGLDevice e EGLOutput, e para que não exista nem um conflito, a implementação funcionará ao lado do código GBM atual, de modo que todos os usuários executando o KDE com Wayland não sejam afetados, ao mesmo tempo permitindo que aqueles com o driver proprietário da empresa possam aproveitar a experiência do KDE com o Wayland em amadurecimento.

A NVIDIA tem um código inicial de prova de conceito funcionando e os patches iniciais para o KWin serão publicados em breve. Eles confiaram nesse trabalho inicial na lista de discussão do gerenciador de janelas. Até agora, os desenvolvedores do KDE já fizeram diversas perguntas para a NVIDIA, como se existirá suporte para multi-GPU e se a empresa vai manter o código do EGLStream.


FONTE: Phoronix

Comentários