Mir 1.1 chega trazendo suporte para o driver de vídeo da NVIDIA


Os desenvolvedores da Canonical lançaram mais uma nova versão do Mir, a 1.1, que chega trazendo diversos recursos bem interessantes. Entre as novidades implementadas no servidor de exibição, que também possui como foco ser um compositor do moderno Wayland, está o tão aguardado suporte ao driver de vídeo proprietário da NVIDIA.

Isso é possível graças a adição de um back-end para a implementação EGLStreams, o método atualmente preferido da NVIDIA para lidar com buffers (o que uma janela renderiza). Apenas para fins de comparação, os driver open source para Linux usam o GBM (Generic Buffer Manager), da pilha gráfica Mesa.

O Mir 1.1 também possui melhorias em relação à lógica de comutação, mais trabalho de compatibilidade do musl libc e outras correções e melhorias. Mais detalhes, juntamente com o ambiente de exemplo Mir Kiosk Snap e EGMDE, podem ser encontrados através deste link.


FONTE: Phoronix

Comentários