Driver Vulkan da Intel no Mesa 19.0 pode ter recurso importante para ajudar o DXVK


Com o Mesa 19.0 entrando na fase "feature freeze" nas próximas semanas, período em que novos recursos não são mais adicionados, mas apenas correções de bugs, a corrida para implementar alterações importantes nos diversos drivers OpenGL e Vulkan está quase chegando ao fim. Contudo, além de potencialmente conseguir o suporte para SPIR-V no Clover a tempo para o próximo lançamento da pilha gráfica, a Intel ainda possui mudanças que gostaria de ver acontecer a tempo para esta primeira versão de 2019 do Mesa.

Entre os desenvolvedores da Intel que ainda desejam implementar recursos para a próxima versão do Mesa está Jason Ekstrand, líder da equipe por traz do ANV, o driver Vulkan da Intel. As mudanças inclui a adição do suporte para a extensão "não oficial" da Vulkan VK_EXT_transform_feedback.

Caso a extensão seja realmente suportada pelo driver, será possível obter suporte para a funcionalidade Stream-Output/transform feedback do Direct3D, o que deve ajudar esforços como o DXVK para rodar jogos do Direct3D 11 sobre a Vulkan, corrigindo problemas de renderização em games.

Embora a NVIDIA já tenha lançado um driver beta suportado a extensão e o RADV obtendo suporte em outubro de 2018, o driver Intel ANV (assim como o AMDVLK) foi o principal driver Vulkan para Linux que ainda não implementou essa extensão. No caso do ANV, já existiam patches disponíveis desde o início, mas ainda não foram mesclados por falta de teste      especialmente com o Vulkan Conformance Test Suite (CTS).

O Mesa 19.0 deve ganhar sua primeira versão RC (Release Candidate) no final de janeiro e estará disponível como estável algumas semanas depois, dependendo do número de builds RC serão necessárias para o lançamento.


FONTE: Phoronix
Comentários