DXVK 0.96 chega com mais otimizações e correções para jogos


Para aqueles executando no Linux jogos que antes eram exclusivos apenas do Windows usando aplicativos como Lutris, foi lançado recentemente o DXVK 0.96, que chega trazendo alguns aprimoramentos importantes, incluindo mais reduções de sobrecarga de CPU, bem como redução de "chamadas de API Vulkan redundantes", o que deve ajudar games com um grande número de shaders diferentes como Shadow of the Tomb Raider.

Além disso, a sobrecarga de sincronização da GPU também foi reduzida, o que pode ajudar ainda mais o desempenho. Há ainda melhorias de eficiência para shaders de Tessellation, podendo agora serem mais eficientes com alguns drivers Vulkan, e a adição de várias correções de bugs.

Entre os problemas abordados no DXVK 0.96, podemos citar uma correção para o MultiDrawIndirect, corrigida uma falha na demonstração de Resident Evil 2 ao usar a implementação DXGI do Wine e foi corrigido um possível problema com o DXVK limpando os destinos de renderização incorretos, o que poderia levar a vários tipos de erros de renderização.

Outra boa notícia é que foi corrigida uma regressão introduzida na versão 0.95 que causou problemas de renderização com Titanfall 2 e potencialmente com outros jogos. Outro título que também recebeu um pouco mais de atenção foi Mass Effect: Andromeda, que agora não deve mais apresentar problemas nos gráficos em GPUs NVIDIA.

Para mais detalhes sobre o DXVK 0.96, não deixe de conferir as notas de lançamento, clicando aqui.


FONTE: DXVK/GitHub

Comentários