Firefox 66 usará CSD por padrão ao invés da barra de título no Linux


A próxima versão do Mozilla Firefox para Linux usará a decoração do lado do cliente (CSD) por padrão ao invés da tradicional barra de título. O CSD está disponível no navegador há algum tempo, mas apenas como uma opção alternativa, deixando para os usuários escolher se quer ter mais espaço para o conteúdo das páginas ao executar o browser.

Em outras palavras, os usuários que atualmente desejam combinar a barra de título e a barra de guias do navegador precisam ir até opção "Personalizar", no menu de configurações do navegador, e desmarcar a caixa "Barra de títulos". Contudo, isso deve mudar a partir do Firefox 66, que é quando a Mozilla planeja habilitar o recurso por padrão.

Contudo, caso a decoração do lado do cliente do navegador não funcione para você (ou simplesmente você curte a barra de títulos), ainda será possível desabilitar o recurso, mas, desta vez, marcando a caixa "Barra de títulos" nas opções de personalização do browser.

Você usa o CSD do Firefox?

Habilitar o CSD do Firefox, provavelmente, é uma das primeiras coisas que muitos usuários do Ubuntu fazem ao instalar o sistema operacional. A decoração do lado do cliente faz melhor uso do espaço da tela, combinando a barra de ferramentas principal do aplicativo com a barra de título da janela, ajustando-se mais na tela.

Sem falar que a aparência simplificada é ainda melhor agora, já que o Firefox é capaz de desenhar cantos arredondados, o que deixa o navegador ainda mais integrado com o tema do Ubuntu.

Mas nem todo mundo é fã. Alguns dizem que aderir ao CSD no Linux causa alguns problemas ou cria uma falta de integração com ambientes gráficos que não são baseados em GTK, como o KDE Plasma e LXQt. Em nossos testes, por exemplo, não foi possível redimensionar puxando os cantos da janela do navegador usando a seta do mouse.

Você usa o CSD do Firefox? Você vai desativá-lo após atualizar para o Firefox 66? Deixe-nos saber!


FONTE: OMG! Ubuntu!
Comentários