Lançado o Wine 4.0 com suporte para Vulkan, Direct3D 12 e muito mais


Foi oficialmente lançado na última terça-feira (22) o Wine 4.0, que chega um ano após o lançamento da versão 3.0, primeira a introduzir um driver Android para permitir que usuários executassem aplicativos e jogos do Windows em dispositivos equipados com o sistema operacional móvel da Google, suporte para Direct3D 11 por padrão para GPUs AMD e Intel, bem como um agendador de tarefas.

Com a nova versão do Wine, a equipe de desenvolvedores por traz do software continua melhorando a camada de compatibilidade que permite que programas e jogos do Windows sejam executados em PCs com Linux, adicionando novos recursos, como suporte inicial para o Direct3D 12 e para a API gráfica Vulkan, além do suporte para HiDPI (High-DPI) no Android e para gamepad.

"A equipa do Wine tem o prazer de anunciar que o lançamento estável do Wine 4.0 já está disponível. Este lançamento representa um ano de esforço de desenvolvimento e mais de 6.000 mudanças individuais. Contém um grande número de melhorias", diz o anúncio oficial.

É claro que o suporte para a Vulkan e Direct3D 12, assim como o suporte para HiDPI no Android, são apenas os maiores destaques do Wine 4.0, que é uma grande atualização com muitos aprimoramentos, dentre os quais podemos mencionar Shell Autocompletion, decodificador de MP3, vários aprimoramentos na interface do usuário, suporte para buscar informações detalhadas do BIOS no Linux e suporte para o formato de imagem PNG.

O recurso Multi-Threaded Command Stream (CSMT) agora está habilitado por padrão e os contextos de núcleo OpenGL também são usados ​​por padrão quando disponíveis. O suporte ao Direct3D 10 e 11 recebeu texturas e visualizações de vários exemplos, resoluções de várias amostras, suporte a texturas de 1D, sombreamento de fragmento por amostra, fixação de polarização de profundidade, controle de corte de profundidade e muito mais.

Várias outras áreas do Wine receberam várias pequenas melhorias, incluindo gráficos, kernel, integração de desktop, rede, dispositivos de entrada, criptografia, texto e fontes, áudio, aplicativos embutidos, internacionalização, compilador IDL e muito mais. Para mais detalhes, não deixe de conferir as notas de lançamento, clicando aqui.

Aplicativos como o Lutris ou PlayOnLinux já permitem que você gerencie diferentes versões do Wine, o que inclui a capacidade de instalar a versão mais recente do software. No entanto, se você preferir fazer a instalação individual do Wine 4.0, mais detalhes podem ser encontrados no site oficial do desenvolvedor.


FONTE: Softpedia
Comentários