Lançado o DXVK 1.0 com mais aprimoramentos para rodar o Direct3D 10 e 11 sobre a Vulkan


Foi lançada recentemente mais uma nova versão do DXVK, a 1.0, que chega para trazer mais melhorias e correções, aprimorando ainda mais este que é um dos mais importantes componentes do Steam Play, da Valve, para rodar jogos do Windows no Linux, já que faz todo o trabalho de mapeamento do Direct3D nas versões 10 e 11 para a API gráfica de baixo nível Vulkan.

Entre as novidades, a nova versão do DXVK permite mostrar o nível de recurso do D3D11 usado pelo aplicativo através do HUD (usando a opção DXVK_HUD=api), pequenas melhorias de desempenho para o RADV (driver Vulkan para GPUs AMD), o que permite produzir melhor código de shader, pequenas melhorias na sobrecarga da CPU e melhor consistência na taxa de frame com placas da NVIDIA em alguns jogos.

Além disso, se disponível, as extensões Vulkan VK_EXT_memory_priority e VK_EXT_memory_budget agora são usadas para melhorar o comportamento sob pressão de memória e relatar a quantidade de VRAM disponível para aplicativos com mais precisão, respectivamente.

DXVK 1.0 também tem correções para mais alguns jogos, incluindo Far Cry 3, Far Cry 3: Blood Dragon, Far Cry 4, Final Fantasy XIV, Far Cry Primal, Heroes of the Storm, Monster Hunter World, Overwatch e Resident Evil 2, que agora tem uma melhora no desempenho em até 10%.

Para mais detalhes sobre o DXVK 1.0, não deixe de conferir o anúncio oficial de lançamento, clicando aqui.


FONTE: DXVK/GitHub
Tags :
Comentários