Com o Mesa 19.1, driver RADV pode contar com suporte para FreeSync


Como relatamos no início da semana passada, o suporte para FreeSync no RADV, driver Vulkan criado pela comunidade para GPUs Radeon, foi atrasado por falta de um sistema de configuração para ativar a tecnologia de taxa variável de atualização da AMD com, por exemplo, jogos em tela cheia ou com outros aplicativos onde o recurso possa ser mais útil.

Por outro lado, o FreeSync/Adaptive-Sync seria desativado para compositores de janela, programas multimídia ou qualquer outra aplicação onde não existe a necessidade de habilitá-lo. A falta de um sistema de configuração para isso tem sido o bloqueador enquanto um patch esteve disponível para implementar a tecnologia no RADV, porém, sem muito sucesso.

Felizmente, Bas Nieuwenhuizen, um dos líderes por traz do desenvolvimento do RADV, nos últimos dias esteve trabalhando no suporte ao DriConf para o driver para que essa infraestrutura de configuração possa ser utilizada para ativar/desativar o FreeSync, permitindo que a funcionalidade de lista de permissões (geralmente chamada pelos desenvolvedores de whitelist ou blacklist) de aplicativos fosse usada pelo driver Vulkan para a alternância adequada da tecnologia.


Até o momento, o novo recurso ainda não foi implementado no Mesa, mas foi marcado como um bug bloqueador para o próximo Mesa 19.1. A versão RC (Release Candidate) inicial do Mesa 19.1 são esperados para o final de abril, enquanto a versão estável deve estar disponível até o final do mês de maio.

Caso a novidade esteja disponível no Mesa 19.1, ao executar a pilha gráfica com o Linux Kernel 5.0, será possível ativar o FreeSync para jogos no Linux com este driver Vulkan open source.


FONTE: Phoronix
Tags :
Comentários