Flatpak ganha novo método de instalação baseado em FUSE


O pessoal por traz do Flatpak lançou na última sexta-feira (12) uma nova versão estável de sua estrutura de sandboxing e distribuição de aplicativos Linux, que agora implementa um novo método de instalação baseado no sistema de arquivos FUSE personalizado. O motivo que levou a mudança acontecer foi o fato de que o método anterior causou entrada e saída de dados (I/O) desnecessária e usou mais espaço em disco.

"A nova configuração usa um novo sistema de arquivos FUSE personalizado no qual o usuário grava e, quando isso é feito, podemos revogar com segurança qualquer acesso a ele do usuário, o que significa que os arquivos podem ser importados diretamente para o repositório do sistema sem precisar fazer uma cópia", explicam os desenvolvedores.

Mas parece que há também uma desvantagem do novo método de instalação, que aparentemente torna o empacotamento de um aplicativo Flatpak mais complexo devido à necessidade de ter um usuário "flatpak" já incluído no pacote. Os mantenedores de aplicativos podem alterar o usuário padrão com o parâmetro --with-system-helper-user=USERNAME.

O Flatpak 1.3.2 também conta com um módulo SELinux personalizado, que pode ser ativado com o parâmetro --enable-selinux-module, o que é útil para solucionar um problema em que a política padrão do SELinux proibia o Flatpak de passar um soquete UNIX pelo barramento do sistema. O selinux-module também precisa estar instalado para que isso funcione.

Além disso, também foi adicionada a nova permissão --socket=pcsc para acessar smart cards, uma nova coluna runtime para o comando "flatpak list", suporte para armazenar campos description, comment, icon e homepage dos arquivos flatpakrepo na configuração remota e a capacidade dos usuários especifiquem uma versão de recuperação para o end-of-life.

O Flatpak 1.3.2 estará disponível nos repositórios ​​de software das principais distribuições Linux muito em breve. Para mais detalhes, não deixe de conferir o anúncio oficial.


FONTE: Softpedia

Comentários