Lançado o Wine 4.6 com códigos iniciais do backend Vulkan para o WineD3D


Foi lançado na última sexta-feira (12) mais uma nova versão de desenvolvimento do Wine, a 4.6, que chega para dar o primeiro passo em direção da criação de um backend Vulkan para o WineD3D. Isso permitirá que o Direct3D 11 e versões anteriores sejam executados sobre a Vulkan      o que permitirá um melhor desempenho, em vez da camada atual de tradução do Direct3D para o OpenGL do WineD3D.

Além do novo backend Vulkan com foco no D3D11 e versões anteriores, os desenvolvedores do Wine já estão há algum tempo trabalhando no VKD3D para rodar o Direct3D 12 sobre a Vulkan. Sim, já existe o DXVK para realizar a mesma função do novo backend, mas esta nova empreitada da CodeWeavers parece se encaixar melhor no design do Wine, entre outras razões para não reutilizar a implementação, que funciona muito bem por sinal.

Então, enquanto a nova versão de desenvolvimento do software traz apenas códigos iniciais para trabalhar com esse suporte do D3D para a Vulkan, é um primeiro passo importante e estamos ansiosos para vê-lo evoluir e talvez ser útil para o lançamento do Wine 5.0 do próximo ano, dada a rapidez com que muitos outros projetos do tipo amadureceram.

Outra mudança importante presente no Wine 4.6 é o suporte compartilhado para o Wine-Mono o que, segundo os desenvolvedores, deve ajudar a economizar espaço no disco, já que não precisará ser instalado em cada prefixo criado pelo usuário, além de reduz os problemas de instalação e configuração.

A nova versão do software também possui seu código de captura de vídeo portado para a API V4L2, uma versão inicial do Debug Engine DLL e cerca de 50 correções, que abordam uma variedade de problemas envolvendo diferentes jogos e aplicativos.

Para mais detalhes sobre o Wine 4.6, não deixe de conferir o anúncio oficial, através deste link.


FONTE: Phoronix
Comentários