Canonical afirma que irá fornecer pacotes de 32 bits selecionados para o Ubuntu 19.10


Depois de toda a polemica gerada após as afirmações de seus desenvolvedores em relação ao abandono do suporte para dependências e bibliotecas de 32 bits no Ubuntu, a Canonical resolveu se manifestar "oficialmente" sobre o assunto. Em seu comunicado, a empresa anunciou que, como resultado do feedback, será oferecido pacotes de 32 bits selecionados para o Ubuntu 19.10 e 20.04 LTS.

"Graças à enorme quantidade de feedback deste fim de semana dos gamers [ou seja, usuários do Steam], do Ubuntu Studio e da comunidade WINE, vamos mudar nosso plano e oferecer pacotes i386 de 32 bits selecionados para o Ubuntu 19.10 e 20.04 LTS", disse a Canonical. "Vamos colocar em prática um processo de comunidade para determinar quais pacotes de 32 bits são necessários para suportar software legacy, e podemos adicionar [dependências e bibliotecas de 32 bits] a essa lista no pós-lançamento se perdermos algo que é necessário."

Em seu comunicado, a empresa também promete trabalhar com o "WINE, Ubuntu Studio e as comunidades de jogos para usar a tecnologia de contêineres para abordar o fim da vida útil das bibliotecas de 32 bits".

"Deve ficar possível rodar aplicativos antigos em versões mais recentes do Ubuntu. Snaps e o LXD permitem que tenhamos ambientes completos de 32 bits e bibliotecas integradas para resolver esses problemas a longo prazo", explicou a Canonical. "Os desenvolvedores do Ubuntu continuam comprometidos, como sempre, com o princípio de tornar o Ubuntu o melhor sistema operacional de código aberto em desktop, servidor, nuvem e IoT."

O anuncio da empresa provavelmente deixará os amantes do Ubuntu e fãs de jogos mais tranquilos em relação ao suporte do cliente Steam. Será interessante ver como a Valve irá reagir, depois de anunciar o fim do suporte ao Ubuntu 19.10 em diante. O comunicado completo da Canonical você confere clicando aqui.


FONTE: Ubuntu Blog
Tags :
Comentários