Devs do Ubuntu agora querem oferecer a versão mais recente do driver NVIDIA


Atualmente, o driver NVIDIA no Ubuntu pode ficar um pouco obsoleto nas versões estáveis ​​do sistema operacional, já que o driver de vídeo não é atualizado com os seus últimos lançamentos. Mas uma nova política de atualização estável de lançamento (SRU), bem similar ao que já acontece com o navegador Firefox, está sendo feita, de modo que novos lançamentos do driver acabarão chegando pelos repositórios oficiais na série Ubuntu atualmente suportada.

Os desenvolvedores da Canonical que trabalham no Ubuntu estão realmente aumentando seu suporte para o driver proprietário da NVIDIA. Um bom exemplo disso é o fato do próximo Ubuntu 19.10 trazer o driver de vídeo da empresa já implementado na sua imagem ISO.

Contudo, não basta oferecer o driver de vídeo por padrão aos usuários, é preciso também mantê-lo sempre atualizado com as últimas versões estáveis disponíveis. Para que isso aconteça, há uma política de atualizações da NVIDIA sendo revisada no Ubuntu Wiki para preparar os detalhes dos diferentes fluxos de lançamento do software e os planos para lidar com essas atualizações em versões "LTS" e "non-LTS", ou seja, nas séries com ou sem suporte de longo prazo do sistema operacional.

Mas se você é um jogador ou entusiasta e está sempre buscando pelo mais recente e melhor driver, essas atualizações de drivers da NVIDIA não serão exatamente para você, já que não serão imediatas, mas podem demorar cerca de dois meses após o lançamento oficial por parte da NVIDIA, antes de serem promovidas para a área principal de atualizações.

Portanto, para aqueles que sempre querem os drivers mais recentes, ainda será necessário usar PPAs de terceiros ou instalar os drivers mais recentes da NVIDIA para Linux manualmente. No entanto, é bom ver os desenvolvedores do Ubuntu trabalhando na melhoria do processo de atualização de drivers para placas GeForce, com suporte a novos hardwares e as melhorias sem fim em torno do OpenGL, Vulkan, OpenCL, CUDA e muito mais.


FONTE: Phoronix
Tags :
Comentários