Lançado o MoltenVK 1.0.35 com mais melhorias e correções para rodar a Vulkan no macOS


O MoltenVK, implementação que permite executar sobre a API gráfica Metal aplicativos e jogos desenvolvidos com a Vulkan nos sistema operacionais da Apple, ou seja, no macOS e iOS, ganhou recentemente mais uma nova atualização que traz diversos aprimoramentos no suporte a recursos e várias correções, tudo para que os softwares possa rodar ainda melhor em dispositivos com a marca da maçã.

Entre as novidades, estão novas extensões da Vulkan, incluindo VK_EXT_debug_report, VK_EXT_debug_marker, VK_EXT_debug_utils e VK_NV_glsl_shader, suporte para definir o tamanho do grupo de trabalho para módulos de shader que usam o Metal Shading Language (MSL) diretamente, em vez de converter a partir do SPIR-V, a adição de várias correções para tessellation, bem como correções para travamentos e muito mais.

Além disso, o SPIRV-Cross também foi atualizado para a versão mais recente disponível e o MoltenVK 1.0.35 é baseado no Vulkan SDK 1.1.108. Para mais detalhes técnicos, não deixe de conferir as notas de lançamento, clicando aqui.

Para aqueles que não estão muito familiarizados com o MoltenVK, como mencionado no início do artigo, trata-se de uma implementação da API de gráficos e computação Vulkan para macOS e iOS criada como uma resposta para a decisão da Apple de não suportar a Vulkan em seus sistema operacionais. Entre os seus adeptos mais notáveis, está a Valve com o seu Dota 2 para macOS.




FONTE: Phoronix
Tags :
Comentários