AMD lança atualização de BIOS para corrigir o boot de distribuições Linux com Ryzen 3000


A AMD lançou nesta sexta-feira (12) uma nova correção de BIOS para seus parceiros de placa-mãe que promete corrigir o problema envolvendo a inicialização de distribuições Linux mais recentes com os seus novos processadores Ryzen 3000. Felizmente, a empresa conseguiu entregar a correção para os seus parceiros em menos de uma semana após iniciar os trabalhos na solução.

"A AMD identificou a causa raiz e implementou uma correção de BIOS para um problema que afeta a capacidade de executar certas distribuições Linux e Destiny 2 em processadores Ryzen 3000. Distribuímos uma BIOS atualizada para nossos parceiros de placa-mãe e esperamos que os consumidores tenham acesso às novas BIOS nos próximos dias". disse a AMD.

O problema está relacionado com o RdRand e systemd, causando um comportamento inesperado. Existe um patch para systemd desde maio, mas ainda não foi implementado nas versões atuais do software. Para as distribuições Linux mais novas, como Ubuntu 19.04, Clear Linux, Fedora 31 Workstation e Arch Linux/Manjaro, significa que não é possível inicializar o sistema devido a todos os serviços do systemd falharem ao iniciar.

De acordo com o site Phoronix, os novos processadores da AMD, como o Ryzen 7 3700X e Ryzen 9 3900X, funcionam muito bem no Linux, apesar do problema de inicialização, que aconteceu devido ao fato da AMD ter focado seus testes apenas no Ubuntu 18.04 LTS e não no Ubuntu 19.04 ou em outros pré-lançamentos de distribuições Linux.

Não deve demorar muito para que os fornecedores de placas-mãe liberem novas atualizações de suas BIOS, já que além de melhorias para Linux também existe uma correção para o jogo Desinty 2.


FONTE: Phoronix
Tags :
Comentários