O front-end para emuladores RetroArch está chegando no Steam


Se você é daqueles que são fãs de jogos retrô, certamente ficará feliz em saber que o famoso front-end para emuladores RetroArch estará disponível para instalação através do Steam, com a versão para Windows estando disponível a partir de 30 de julho e as versões para Linux e macOS chegando logo após o lançamento inicial, esperamos que ainda em meados do mês agosto.

"Versão do Windows em primeiro lugar, versões Linux e macOS serão lançadas mais tarde. Estamos um pouco desconfiados da carga de suporte que virá com um público muito maior, por isso queremos fazer a versão do Windows primeiro para garantir que podemos atender à demanda", explicam os desenvolvedores no anúncio oficial.


Caso você ainda não esteja muito familiarizado com o RetroArch, trata-se de uma interface de usuário bem amigável que faz uso da API Libretro, que permite que os desenvolvedores criem núcleos "libretro" modulares que atuam como emuladores de jogos para para os mais famoso consoles clássicos, como o SNES, Mega Drive e Game Boy.

Ainda, segundo o anúncio oficial, a equipe está focada para garantir que o RetroArch possa "rodar conteúdo originalmente comprado em discos de jogos” e que estão "abertos a dialogar com desenvolvedores/editores de jogos que possuem o direito ao IP original" e que querem trazer seus jogos para o Steam para executar com a API libretro.

"No início, não haverá qualquer diferença entre a versão que você pode obter no Steam e a disponível em nosso próprio site. Como tal, nenhuma funcionalidade do Steamworks SDK estará presente no lançamento ou em quaisquer recursos adicionais do Steam. No entanto, após o lançamento inicial, começaremos a explorar opções sobre como podemos começar a aproveitar a funcionalidade do Steam como uma plataforma", disse os desenvolvedores.

Tornar o RetroArch disponível no Steam pode deixá-lo ainda mais acessível e mais popular entre os jogadores, especialmente aqueles que curtem uma boa jogatina com títulos retrô dos mais diversos consoles clássicos. Mas, até lá, você pode usar o aplicativo agora mesmo, basta apenas seguir as instruções de instalação disponíveis no site oficial.


FONTE: OMG! Ubuntu!
Tags :
Comentários