Agora com o SPIR-V, driver Nouveau fica mais próximo do suporte para o OpenCL


No final de 2017, a Red Hat iniciou seu esforço para implementar o suporte para o OpenCL no Nouveau, driver open source responsável por lidar com as placas de vídeo da NVIDIA no Linux, que inclui a adição do suporte ao NIR/SPIR-V, algo que foi alcançado no último sábado, com o suporte para SPIR-V para o driver sendo adicionado no próximo Mesa 19.3.

Desenvolvedor de longa data do Nouveau, Karol Herbst é quem lidera este trabalho no suporte para o NIR/SPIR-V no Nouveau em torno do OpenCL desde que ingressou na Red Hat, quase dois anos atrás. As mudanças adicionadas mais recentemente no Mesa também trazem alterações para a implementação Clover para oferecer suporte a vários IRs, para que o NIR também possa ser passado para o driver, em vez de apenas o TGSI.

Com isso, o NIR poderá ser passado para o Clover, aproveitando o código NIR/SPIR-V já existente no Mesa. Foi no início deste ano que a Nouveau conseguiu seu suporte para o NIR para essa representação intermediária moderna usada por quase todos os drivers do Mesa atualmente.

Portanto, graças a iniciativa da Red Hat, parece que as coisas estão se unindo para o suporte moderno ao OpenCL no Nouveau, mas parece que ainda é necessário algum trabalho adicional antes de tudo estar pronto para o usuário final.

Contudo, até que o driver de kernel Nouveau obtenha suporte para re-clocking em placas de vídeo modernas (GeForce GTX 900 e mais recente), espera-se que o suporte ao OpenCL seja lento, pois o driver tende a executar as placas nas frequências de clock de inicialização muito mais baixas.

No futuro, caso o suporte para re-clocking seja aprimorado, passando a suportar hardwares mais novos, muito provavelmente não será mais necessário ter que depender do driver da NVIDIA para fazer uso do OpenCL.


FONTE: Phoronix
Comentários