Driver AMDGPU pode reativar recurso de ''movimentação em massa'' para aumentar desempenho


Os desenvolvedores da AMD trabalhando na plataforma Linux estão finalmente tentando reativar a funcionalidade de "movimentação em massa" para o algoritmo de cache LRU (Least Recently Used) no driver gráfico do kernel AMDGPU. A primeira versão dos patches com a mudança foi publicada em agosto de 2018 e deveria chegar com o Linux Kernel 5.0, mas o recuso teve que ser desativado por conta de erros.

Meses se passaram desde então e, aparentemente, todos os erros da funcionalidade, que tem a capacidade de ajudar a melhorar o desempenho do OpenCL e da Vulkan para os gráficos Radeon, foram resolvidos no Linux Kernel 5.1. Agora, a versão 5.3 do kernel está sendo lançada neste final de semana, seguido pelo ciclo de desenvolvimento do Linux Kernel 5.4, onde, finalmente, os desenvolvedores da AMD estão falando em reativar esse recurso que permite migrar objetos de buffer PD/PT para a lista LRU em uma única operação em massa.

Aparentemente, o driver AMD Radeon Software for Linux está carregando esse recurso ativado como parte do driver do kernel DKMS empacotado. Dado o tempo desse patch, embora pequeno, não significa necessariamente que ele chegará ao próximo Linux Kernel 5.4. A menos que seja promovido como uma "correção", o prazo para adicionar novos recursos no DRM-Next para Linux Kernel 5.4 acabou há algumas semanas.

Vamos esperar para ver como os desenvolvedores vão resolver isso, se o recurso será habilitado no próximo Linux Kernel 5.4, com o patch sendo implementado como uma correção, ou se teremos que esperar até o lançamento do Linux Kernel 5.5.


FONTE: Phoronix
Tags :
Comentários