A ferramenta Snapcraft, da Canonical, terá um instalador para Windows em breve


Criado para o Ubuntu, mas disponível também nos repositórios de software de várias outras distribuições Linux populares, a ferramenta Snapcraft permite que os desenvolvedores distribuam facilmente seus aplicativos por vários sistemas operacionais, empacotando-os no formato binário universal e em container Snap.

Atualmente, os Snaps estão sendo empacotados e publicados por algumas das principais empresas de tecnologia, como Microsoft, Google, Mozilla, Spotify e outras, para facilitar a instalação de aplicativos multiplataforma no Linux. Por isso, a Canonical decidiu criar um instalador para o Windows do Snapcraft.

"O suporte para um instalador do Windows foi totalmente desenvolvido e pronto para ser entregue, o que significa que o Snapcraft em breve poderá rodar nativamente a partir do Windows", afirmou Sergio Schvezov, engenheiro de software da Canonical.

Isso basicamente significa que o instalador da ferramenta para o Windows permitirá que os desenvolvedores empacotem seus aplicativos como Snaps no Windows 10.

A versão mais recente do Snapcraft, a 3.8, trouxe algumas novidades para quem já está usando a ferramenta, como suporte para o uso da palavra-chave "build-bases", juntamente com "kernel" e "snapd snap", suporte para o ambiente gráfico GNOME 3.28 por meio de uma nova extensão, bem como uma nova sintaxe para ignorar pacotes.

Dicas de construção paralela foram aplicadas nos plugins colcon e catkin, e o plugin rust recebeu suporte para a criação adequada e nativa da arquitetura s390x. O Snapcraft 3.8 também oferece suporte para a construção de containers Podman, bem como várias outras correções menores.

O changelog completo está disponível no GitHub, de onde você também pode fazer o download do código-fonte da versão mais recente da ferramenta, isto é, caso queira compilá-lo você mesmo. Caso contrário, recomendamos atualizar suas instalações através dos repositórios de software estáveis ​​da sua distribuição Linux favorita.


FONTE: Softpedia
Comentários