Lançado o InSync 3 com suporte para sincronização do OneDrive no Linux


Foi oficialmente lançado o InSync 3, que chega trazendo um novo mecanismo de sincronização, chamado "Core 3", reconstruído a partir do zero em Python 3 que permitirá que os desenvolvedores possam adicionar mais rapidamente novos recursos, bem como acelera o processo de adição de novas correções e permite que novos lançamentos cheguem mais cedo.

Além disso, a segunda novidade mais notável é que agora o aplicativo traz suporte à sincronização do OneDrive, incluindo o OneDrive for Business e o SharePoint. Esta realmente é uma boa notícia para aqueles que precisam usar o serviço de armazenamento em nuvem da Microsoft no Linux, especialmente quando não existe um cliente para o OneDrive realmente "amigável" para o sistema do pinguim há muito tempo.


Existem muitas ferramentas de linha de comando por aí fazendo esse trabalho, mas inserir credenciais de conta em arquivos de texto e coisas do gênero não é para todos. Ter um aplicativo com uma interface gráfica amigável deve atender melhor as massas.

A má notícia é que, para usar o InSync 3, você precisará de uma licença separada (que começa em US$ 29,99) por conta usada com o serviço. Portanto, se você deseja sincronizar o Google Drive e o OneDrive com o InSync 3, precisa comprar duas licenças — custando quase US$ 60 no total.

Cada licença requer apenas um pagamento único (sem assinatura mensal) e funcionará em várias plataformas (para que você possa configurar e sincronizar com as mesmas contas em vários computadores diferentes). Além disso, há uma avaliação gratuita de 15 dias para que você (e qualquer outra pessoa interessada) possa experimentar o aplicativo para ver se ele atende às suas necessidades.


FONTE: OMG! Ubuntu!
Comentários