Lenovo quer melhorar o suporte para Linux de seus laptops


Os usuários Linux proprietários de modelos de laptops mais recentes da Lenovo, que atualmente parecem sofrer com uma frequente limitação térmica e desempenho inferior ao Windows, provavelmente ficarão felizes em saber que a empresa reconheceu formalmente os problemas e está trabalhando para resolvê-los.

Acontece que os fóruns da fabricante estão cheios de reclamações de usuários Linux que estão sofrendo com questões térmicas e de desempenho, incluindo algumas queixas que apontam para o cTDP (Configurable Thermal Design Power) que acaba sendo mais baixo no Linux do que no Windows. Alguns pessoas também estão relatando que seus laptops da linha ThinkPads estão apresentado menos performance em relação ao Windows.

De acordo com a Lenovo, a redução no desempenho e os problemas térmicos estão relacionados com às "configurações de DPTF de código fechado da Intel" que não são suportados no Linux. Essas configurações são usadas para determinar a temperatura do laptop e, conseguente mente, a performance que ele irá entregar.

Como o Linux ainda não possui suporte para esse recurso, os laptops sempre são considerados "on-lap" (algo como "sobre o colo", em tradução livre) e, portanto, não entregam o desempenho desejado, já que não podem esquentar muito. O modo ideal para se tirar uma melhor performance do notebook seria se o dispositivo estivesse no modo "on-desk" (ou seja, algo como "sobre a mesa").

A Intel até forneceu no passado algum código do DPTF (Dynamic Platform and Thermal Framework) para que o recurso fosse usado nos Chromebooks, que pode ser encontrado no site 01.org, mas, ao que parece, as versões mais recentes da tecnologia não foram publicadas ou, nesse caso, o suporte não foi implementado no kernel Linux.

Solução a caminho

Para resolver esse problema, com a Intel aparentemente não querendo abrir o código e nem suportando o DPTF no Linux, a Lenovo está tentando fornecer "um design de firmware melhorado e mais inteligente que seja independente do sistema operacional" através de um melhor monitoramento dos sensores térmicos para determinar o comportamento mais apropriado.

A Lenovo promete lançar um novo firmware no Linux Vendor Firmware Service (LVFS) para laptops suportados para resolver esse problema e os futuros modelos de laptops da fabricante usarão esse novo firmware reformulado por padrão. Contudo, a empresa não especificou uma data de lançamento para a novidade.


FONTE: Phoronix
Tags :
Comentários