Lançado o Linux Mint 20.1 ''Ulyssa'' com Web Apps, IPTV Player e Cinnamon 4.8

Chegando a tempo para o final de semana, o Linux Mint 20.1 "Ulyssa" foi oficialmente lançado nesta sexta-feira (8), estando disponível nas edições Xfce, Mate e Cinnamon. Esta é a versão mais recente de suporte de longo prazo (LTS) do Linux Mint, que é baseada no Ubuntu 20.04.1 LTS, sendo suportada até 2025 com correções de segurança críticas e atualizações de aplicativos principais. Entre as novidades, está o "Web Apps" como um meio de criar um atalho para qualquer site como um "aplicativo de desktop" (basicamente um modo de navegador da web confinado para sites únicos). Os aplicativos da web até usam sua própria moldura de janela e têm seu próprio ícone de aplicativo, com os desenvolvedores do Mint dizendo: “é mais fácil realizar várias tarefas entre aplicativos na área de trabalho do que entre as abas de um navegador”.
Além disso, também está disponível o Hypnotix. Trata-se de um reprodutor de IPTV para listas de reprodução M3U, mas também oferece suporte para TV ao vivo (dependente da região) e vídeo sob demanda (dependente de IPTV). Os desenvolvedores agregam o provedor de IPTV gratuito Free-IPTV com o aplicativo por padrão. Isso torna “canais de TV ao vivo disponíveis gratuitamente e publicamente” para usuários do Mint prontos para uso.
Quem também está disponível no novo Linux Mint 20.1 é o ambiente gráfico Cinnamon 4.8, que promete ser mais rápido, usa menos memória e é considerado mais otimizado para configurações de 4K. Além disso, o gerenciador de arquivos Nemo agora suporta a marcação de arquivos como favoritos. Você pode marcar um arquivo em qualquer lugar do seu sistema, incluindo dispositivos removíveis, clicando com o botão direito sobre ele e selecionando a opção “Adicionar aos Favoritos” presente no menu de contexto. Você pode acessar os arquivos favoritos a qualquer momento de praticamente qualquer lugar!
Outras mudanças, incluem suporte para Zstd no aplicativo File Roller, os resultados da pesquisa no menu do aplicativo agora são classificados por relevância, rolagem no miniaplicativo de lista rápida da janela, o formato do relógio na tela de login agora é configurável, o reprodutor de vídeo Celluloid agora tem aceleração de vídeo por hardware habilitada por padrão, gerenciador de driver migrado para PackageKit, o Mint Upload recebeu ajustes de IU e o Nemo pode carregar miniaturas para arquivos de até 64 GB.

Download do Linux Mint 20.1 "Ulyssa"

Você pode baixar agora mesmo o Linux Mint 20.1 como uma imagem ISO de 64-bits diretamente do site oficial do desenvolvedor, clicando aqui. Você poderá escolher entre as edições com os ambientes gráficos Cinnamon, Mate e Xfce. Depois de fazer o download, basta fazer o flash da ISO do Linux Mint em um pendrive USB, usando uma ferramenta como o Etcher, e usar o pendrive para inicializar o sistema. FONTE: OMG! Ubuntu! | Linux Mint Blog
Tags :
Comentários