GNOME batalha para proteger sua marca registrada

O site de compras Groupon revelou recentemente uma plataforma baseada em tablet chamado de 'GNOME', e entrou com arquivamentos de marcas necessárias - 10 até agora - buscando a propriedade do nome.

Naturalmente, isso tem "preocupado" a Fundação GNOME, pois ela possui a marca registrada GNOME desde 2006. O Groupon não se atentou a isso e, além de não mudar a marca de sua plataforma de pagamentos, registrou o nome no Escritório de Patentes dos Estados Unidos. Segundo a GNOME Foundation, “era quase inconcebível para nós que o Groupon, com mais de US$ 2,5 bilhões em receita anual, uma equipe jurídica completa e uma enorme equipe de engenharia, não teria ouvido falar do projeto GNOME”.

Ajude a Fundação GNOME à defender a marca GNOME contra Groupon!

Para se defender do Groupon, a GNOME Foundation iniciou uma campanha para arrecadar US$ 80 mil. No momento em que escrevo esta notícia, já foram levantados mais de US$ 21 mil. Se todo esse dinheiro não for necessário, as doações serão usadas para melhorar o GNOME. As contribuições podem ser feitas nesta página.

"Não podemos deixar que uma empresa de bilhões de dólares possa levar o nome bem estabelecido de uma das maiores comunidades de software livre", diz Tobias Mueller, diretor da Fundação GNOME.

Para mais detalhes, você pode conferir a página da Campanha no site do projeto GNOME.

FONTE: OMG! Ubuntu! | Tecnoblog

COMENTÁRIOS