Desde o lançamento do Ubuntu 17.10, que foi a primeira e, até o momento, a última versão do sistema operacional a oferecer aos usuários uma experiência do GNOME com Wayland por padrão, a Canonical voltou a usar o X.Org Server e, enquanto o Ubuntu 19.04 está com o seu ciclo de desenvolvimento em andamento e será lançado em breve, ao que parece a empresa não tem planos para adotar novamente o Wayland em um futuro não muito distante.
Chromebook

A Google lançou nesta segunda-feira (25) mais uma nova versão do seu sistema operacional Chrome OS, a 73, que agora está disponível no canal estável para os dispositivos Chromebook, uma atualização que adiciona vários novos recursos, melhorias, correções e atualizações de segurança, o que deve aprimorar ainda mais a experiência dos usuários.

Foi lançado hoje, 25 de março, o Lutris 0.5.1.1, que chega como uma atualização de manutenção para a versão 0.5.1, lançada na semana passada, e que promete trazer aprimoramentos no suporte para o serviço de distribuição digital de jogos GOG. Isso é possível graças a implementação de correções envolvendo coisas como o login do GOG sendo exibido várias vezes durante uma instalação.

A CodeWeavers lançou recentemente mais uma nova versão do CrossOver, a 18.5, que traz mais melhorias e correções para executar ainda mais jogos e programas do Windows no Linux. Trata-se de uma grande atualização, já que inclui o Wine 4.0, que inclui diversos aprimoramentos, como o recurso Multi-Threaded Command Stream (CSMT) habilitado por padrão, os contextos de núcleo OpenGL também são usados ​​por padrão quando disponíveis e muito mais.

Foi lançado recentemente o Firefox 66 com algumas novidades, no mínimo, interessantes, como é o caso da barra de título, que agora vem escondida por padrão para o GNOME, permitindo uma melhor integração do visual com o ambiente gráfico. Além disso, também foi implementada uma correção para um problema que impedia o navegador de baixar arquivos sem travar.


A equipe de desenvolvimento por trás do Zorin OS anunciou que está trabalhando no próximo grande lançamento da distribuição Linux, versão 15, que já está disponível no canal Beta. Entre os destaques, o sistema operacional é baseado no Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver), da Canonical, e promete refinamentos na experiência, tanto para aqueles que estão vindo do Windows quanto que para os usuários Linux mais experientes.

A NVIDIA lançou recentemente uma nova versão do seu driver de vídeo para Linux, a 418.56, que chega trazendo suporte a algumas novas GPUs e conta com várias correções. Os novos hardwares suportados são as GPUs GeForce MX230 e MX250, que foram criadas especialmente para dispositivos portáteis.

Em sua mas recente publicação no site Medium, a Atari anunciou que o seu próximo console, o Atari VCS, que antes tinha data marcada para chegar na metade do ano, terá seu lançamento adiado. Isso também significa que, a queles que apoiaram a (muito bem sucedida) campanha de crowdfunding no IndieGoGo, não receberão seus videogames até o final de 2019, no mínimo.

Durante seu evento na Game Developers Conference (GDC) 2019, a Google finalmente revelou o Stadia, sua nova plataforma de streaming de games, que promete deixar os jogadores jogarem praticamente em qualquer lugar que quiserem. Não há console para conectar à sua TV. Em vez disso, os jogos são executados a partir de um data centers e são transmitidos para você pela Internet. Os títulos podem rodar em até 4K a 60 FPS, obviamente, dependendo da sua conexão, e inclui também suporte para HDR.

Foi lançado na última sexta-feira (15) mais uma nova versão de desenvolvimento do Wine, a 4.4, que chega trazendo mais aprimoramentos e correções para suportar melhor ainda mais softwares e jogos do Windows. Entre os destaques, está a adição de uma nova ferramenta MSIDB para manipular bancos de dados MSI e muitas outras APIs do Microsoft Media Foundation foram implementadas.

Agora ficou ainda mais fácil compartilhar arquivos de forma totalmente segura com seus amigos e familiares online — tudo graças a Mozilla, criadora de um dos navegadores mais populares da atualidade, o Firefox. Trata-se do "Firefox Send", que é descrito pela organização sem fins lucrativos que defende a web gratuita como um serviço de transferência de arquivos gratuito, de código aberto e totalmente criptografado.

O desenvolvedor líder do DXVK, Philip Rebohle, lançou hoje, 14 de março, mais uma nova versão de sua implementação que, quando adicionada ao Wine, permite rodar o Direct3D 10/11 sobre a Vulkan. Trata-se do DXVK 1.0.1, atualização que chega um mês após o lançamento inicial da série para adicionar mais correções e melhorias.

Foi anunciado recentemente que o cronograma de lançamento do próximo GNOME 3.34 já está finalizado e agora disponível para o público em geral. O ciclo de desenvolvimento ocorrerá como a série GNOME 3.33.x. O primeiro snapshot do ambiente gráfico, versão 3.33.1, será lançado no dia 24 de abril.

O desenvolvedor e mantenedor do Flatpak, Alexander Larsson, anunciou recentemente um novo lançamento para a série instável, ou seja, para testes, da estrutura de distribuição e sandbox de aplicativos para Linux, visando a próxima série estável Flatpak 1.4. Trata-se da versão 1.3 que adiciona vários novos recursos e melhorias, como suporte a sistemas com múltiplas GPUs NVIDIA.

Foi lançada na última quarta-feira (13) mais uma nova versão da pilha gráfica Mesa, a 19.0, que chega trazendo mais aprimoramentos para as APIs gráficas Vulkan e OpenGL, bem como diversas melhorias para jogos, sejam eles nativos ou executados através do Steam Play, por exemplo, com GPUs AMD ou com os gráficos integrados da Intel.

Com o GNOME 3.32 sendo oficialmente lançado nesta quarta-feira (13), o ambiente gráfico recebe uma série de novos recursos e aprimoramentos. A atualização inclui um novo conjunto de ícones e tema, mais melhorias com foco no desempenho e novas versões de aplicativos, como o gerenciador de arquivos Nautilus.