O DXVK 0.60 agora está disponível como a mais nova versão para esta camada de compatibilidade que permite que os jogos que fazem uso do Direct3D 11 rodando no Wine possam ser executados sobre a Vulkan ao invés do OpenGL. Com a chegada do DXVK 0.60, há mais otimizações de desempenho, correções importantes e outras adições de recursos.

Se você é usuário do driver oficial da AMD e não via a hora de atualizar para o Ubuntu 18.04 LTS, temos uma boa notícia para você: a AMD anunciou recentemente uma nova versão do Radeon Software for Linux (antes conhecido como AMDGPU-PRO), a 18.20, que chega trazendo suporte oficial para a versão de suporte a longo prazo (LTS) do sistema operacional da Canonical.

Foi lançado nesta sexta-feira (22) o LibreOffice 6.0.5, que chega um mês e meio após o lançamento do LibreOffice 6.0.4 para tornar a suíte de escritório pronta para implantações corporativas. Isso também significa que a série LibreOffice 5.4 não é mais a recomendada pela The Document Foundation (TDF) como a ideal para ambientes de produção, sem falar que chegou ao fim da vida em 11 de junho de 2018.

A Canonical lançou recentemente uma nova atualização de microcode para todos os usuários do Ubuntu com processadores AMD para resolver a conhecida vulnerabilidade de segurança Spectre, que foi divulgada publicamente no início deste ano e que afeta bilhões de dispositivos fabricados nas últimas duas décadas. Desenterrada por Jann Horn do Google Project Zero, a segunda variante (CVE-2017-5715) do Spectre é descrita como um ataque de injeção alvo de ramificação.

A Canonical anunciou nesta quinta-feira (21) que uma lista de NUCs da Intel equipados com a 7ª geração de processadores da empresa agora está oficialmente certificada para o Ubuntu. Se você estava de olho em um desses dispositivos para o trabalho de desenvolvimento, Internet das Coisas (IoT) ou para usar como um centro de entretenimento na sua sala de estar, ficará satisfeito em saber que pode instalar e executar o Ubuntu 16.04 LTS sem encontrar grandes problemas.

No início da semana, o projeto Android-x86 anunciou o lançamento do primeiro RC (Release Candidate) da próxima atualização 8.1, que é baseada no Android 8.1 Oreo e que possui suporte para arquiteturas de 32 e 64-bits, além de contar com a mais recente pilha gráfica Mesa 18.1.2 para permitir suporte para aceleração de hardware OpenGL ES 3.x com gráficos da Intel, AMD e NVIDIA, bem como máquinas virtuais VMWare e QEMU.

O projeto Debian anunciou nesta terça-feira (19) a terceira versão Alpha do instalador da próxima série do Debian 10 "Buster", com lançamento previsto para meados de 2019. O Debian Installer permite que os usuários instalem o sistema operacional em seus computadores pessoais, servidores, em dispositivos IoT ou em um Raspberry Pi para que possam realizar testes e ajudar com feedback.

O projeto UBports anunciou nesta terça-feira (19) a primeira build RC (Release Candidate) do Ubuntu Touch OTA-4, que será o primeiro a baseado no sistema operacional Ubuntu 16.04 LTS (Xenial Xerus). Além disso, a próxima atualização OTA (over-the-air) não será apenas duas vezes mais rápida que as versões anteriores, mas também adiciona alguns novos recursos interessantes, como um aplicativo Phone mais simplificado e suporte para a versão GSM do tablet Nexus 7 de 2013.

A Google lançou recentemente uma nova ferramenta open source para a conversão de vídeo em RV com suporte também para a plataforma Linux. Trata-se do “VR180 Creator”, que visa tornar mais fácil para os criadores de conteúdo converter e, posteriormente, editar vídeo filmado em dispositivos de 180 graus e 360 ​​graus como, por exemplo, a câmera Lenovo Mirage.

O projeto KDE anunciou hoje, 19 de junho, o KDE Plasma 5.13.1 como a primeira atualização de manutenção da série KDE Plasma 5.13.x lançada oficialmente há uma semana como o melhor lançamento do aclamado ambiente gráfico projetado para distribuições Linux, trazendo novas telas de bloqueio e login, o painel de configurações do sistema redesenhado, integração com Plasma Browser, aprimoramentos para o Plasma Discover e muitas outras melhorias e mudanças.

Existem muitas melhorias e novos recursos implementados no próximo Linux Kernel 4.18, que ganhou sua primeira versão RC (Release Candidate) no último final de semana, mas ainda ficaram de fora algumas alterações importantes, como é o caso do sistema de arquivos Bcachefs, conhecido por oferecer recursos semelhantes ao Btrfs e ZFS, porém, de próxima geração e de alto desempenho. Espera-se que o Bcachefs seja implementado no Linux Kernel 4.19 (ou 5.0).

Se você é fã de jogos de estratégia, especialmente os da série Total War, temos uma boa notícia para você: a Feral Interactive anunciou hoje que o aclamado Total War: WARHAMMER II será lançado na plataforma Linux. Para quem ainda não o conhecia, trata-se da continuação de Total War: WARHAMMER, que a Feral Interactive portou para o sistema do pinguim em 2016.

Foi no último domingo, 17 de junho, que marcou o fim do suporte de segurança para o Debian 8 "Jessie", que agora chegou ao fim da vida. Lançado há mais de três anos, em 25 de abril de 2015, o sistema operacional é atualmente considerado o ramo Debian "oldstable" desde a chegada do Debian "Stretch" há um ano atrás, em 17 de junho de 2017. Como tal, a série "Jessie" agora não receberá mais atualizações de segurança.

O projeto openSUSE anunciou recentemente que lançou imagens para seu sistema operacional openSUSE Leap 15 para vários dispositivos ARMv7 e AArch64 (ARM64), incluindo o popular Rasberry Pi. Lançado no mês passado, o openSUSE Leap 15 é baseado no SUSE Linux Enterprise 15 e introduz vários novos recursos e melhorias em relação às versões anteriores.

Foi lançado na última sexta-feira (15) o Deepin 15.6, que chega trazendo uma série de melhorias na área de trabalho para permitir que os usuários desabilitem a função de dimensionamento de tela para telas HiDPI (High Dots Per Inch), um Deepin Manual atualizado para ajudar os recém-chegados a se adaptarem melhor ao sistema operacional, bem como outra camada de otimizações de desktop.

Nem todo mundo está empolgado com a notícia de que a Microsoft está comprando o GitHub — e alguns amantes do Linux podem até achar que a Linux Foundation está entre eles. Mas não é bem assim: o chefe da fundação acredita que a Microsoft comprando o GitHub é uma “boa notícia” para a comunidade open source e que devemos “celebrar a jogada inteligente da Microsoft”.