Em meados do mês de agosto, a Valve liberou no repositório oficial do Proton no GitHub uma ramificação que trazia como principal mudança o VKD3D, com a intenção de apenas facilitar a vida daqueles interessados em testar jogos que fazem uso do Direct3D 12, e mais recentemente Philip Rebohle, desenvolvedor e líder do projeto DXVK, também começou a trabalhar mais intensamente em melhorias para o VKD3D.

O Kdenlive agora está oficialmente disponível na Snap Store, onde se junta a mais de 50 outros aplicativos Snap da marca KDE. Sua chegada do popular editor de vídeo não linear à loja simplificará ainda mais a sua instalação nas distros Linux que vem adotando cada vez mais a tecnologia Snappy, da Canonical, que busca facilitar a distribuições de aplicativos no Linux.

A Canonical anunciou na última quinta-feira (7) que esteve nos últimos tempos trabalhando em colaboração com a NVIDIA para ajudar a acelerar a adoção da IA (inteligência artificial) ​​e ML (machine learning) com o Ubuntu 18.04 LTS certificado no sistema DGX-2 AI, da NVIDIA, o que permite oferecer, segundo a empresa, "desempenho, flexibilidade e segurança sem precedentes às operações de IA/ML" para seus clientes.

A Google lançou recentemente mais uma nova atualização para seu sistema operacional Chrome OS, versão 78, que já deve estar disponível em um Chromebook perto de você com vários novos recursos interessantes, como a funcionalidade de desktops virtuais, permitindo que os usuários sejam mais produtivo com os seus laptops.

A UBports anunciou nesta quarta-feira (6) que o Ubuntu Touch, finalmente, contará com imagens ARM de 64 bits. Na verdade, o sistema operacional móvel já está disponível para instalações de 64 bits para os dispositivos Sony Xperia X, OnePlus 3 e OnePlus 3T, prometendo uma experiência mais rápida e otimizada.

Foi lançado recentemente o driver de vídeo NVIDIA 440.31, que chegou trazendo suporte para a recém-lançada GeForce GTX 1660 SUPER, vinculação de shader GLSL paralelo por padrão, suporte para variable refresh rate (VRR) com conexões HDMI 2.1, bem como suporte para as extensões OpenGL para multi-GPU/SLI GL_NV_gpu_multicast e GLX_NV_multigpu_context.

Com o DXVK já entregando bons resultados com o Steam Play (Proton) e Wine ao executar jogos desenvolvidos com o Direct3D 10/11 sobre a Vulkan no Linux, Philip Rebohle, que iniciou esse projeto, sendo posteriormente financiado pela Valve, agora está contribuindo com mais melhorias para a iniciativa VKD3D do Wine para mapear o Direct3D 12 sobre a Vulkan.

A Red Hat lançou na última terça-feira (5) o Red Hat Enterprise Linux 8.1, que chega trazendo gerenciamento mais inteligente por meio de automação aprimorada, novos aprimoramentos de segurança de nível corporativo, novas ferramentas para desenvolvedores e drivers atualizados para melhor suporte a hardware, tudo para oferecer uma plataforma confiável, estável e segura para nuvens híbridas e outros ambientes empresariais.

Em seu mais recente boletim mensal publicado recentemente para manter a comunidade atualizada sobre tudo que acontece nos bastidores, Clement Lefebvre, líder do projeto Linux Mint, revelou que o próximo Linux Mint 19.3 "Tricia" está com o seu desenvolvimento caminhando a passos largos e deve chegar a tempo do Natal, com muitas melhorias e componentes atualizados.

A Microsoft confirmou durante sua conferência Ignite 2019, um encontro anual de líderes e profissionais de tecnologia, que a nova versão do navegador Edge, baseada no Chromium, também estará disponível na plataforma Linux, lançamento que deve ocorrer em meados de 2020, que é quando o browser multiplataforma será lançado no Windows 10 e macOS.

A Feral Interactive cumpriu com sua promessa e lançou hoje, 5 de novembro, Shadow of the Tomb Raider Definitive Edition para a plataforma Linux. Para nossa alegria, o port nativo do jogo para o sistema do pinguim possui suporte para a API gráfica Vulkan, o que significa que o título terá bom desempenho para a maioria dos jogadores.

Recentemente, o projeto KDE se reuniu com sua comunidade para definir quais os próximos passos para o futuro, especialmente nos seus esforços de softwares open source, como o ambiente gráfico Plasma. Entre os objetivos destacados, está o Wayland como prioridade para o rastreamento de correções para aprimorar cada vez mais o suporte para esta tecnologia.

Criado especialmente para permitir a execução de programas e jogos desenvolvidos com a Vulkan nos sistema operacionais da Apple, o MoltenVK ganhou mais uma nova atualização com base na especificação Vulkan 1.1.126, que traz suporte para novas extensões, uso reduzido de memória em alguns cenários e correções para vazamento de memória.

Foi lançado nesta terça-feira (29) o Fedora 31, que esteve em desenvolvimento nos últimos seis meses e, após um atraso de uma semana, finalmente chegou trazendo alguns dos mais recentes e melhores softwares e tecnologias open source, incluindo o mais recente ambiente gráfico GNOME 3.34, o Linux Kernel 5.3, Glibc 2.30, Python 3 e Node.js 12.

Os desenvolvedores do Mir compartilharam um roadmap atualizado em que estão seguindo e onde são revelados também seus planos futuros para este servidor gráfico e, mais recentemente, um dos compositores disponíveis para Wayland. Entre as novidades que podem chegar em um futuro não muito distante é o suporte para laptops com gráficos híbridos.

Foi lançado recentemente mais uma nova versão do DXVK, a 1.4.4, que chega trazendo mais melhorias para aprimorar ainda mais a experiência de rodar jogos que fazem uso do Direct3D 10/11 sobre a Vulkan no Linux. Entre os destaques, estão correções para erros de validação da Vulkan com shaders de geometria que "não declaravam uma contagem de chamadas".

No início do mês, os desenvolvedores da Valve implementaram suporte inicial para as GPUs GFX10/Navi no compilador de shaders ACO (abreviação para AMD COmpiler), enquanto agora esta alternativa experimental ao back-end AMDGPU do compilador LLVM está pronta para os novos processadores gráficos da AMD, o que inclui a série Radeon RX 5700.

Dando sequência aos seus esforços de aprimorar cada vez mais o Linux para jogos, a mais recente contribuição da Valve para o RADV, driver open source para placas de vídeo AMD Radeon, é o suporte para o recurso "compilação segura", que permite gerar vários threads de compilação no mesmo sistema que são protegidos por filtros SECCOMP (abreviação de secure computing mode ou modo de computação segura, em português) como o aspecto "seguro" desse recurso.