Conheça o Librem 15, o notebook open source



O Librem 15 é um notebook com tela de 15'' (como o nome dá a entender) e pesa 2 Kg, o aparelho tem o corpo similar ao de um Chromebook e se autodenomina o “primeiro laptop high-end no mundo que chega sem softwares misteriosos no kernel, no sistema operacional ou em qualquer outra aplicação”.

A companhia responsável pelo projeto é a estadunidense Purism, a qual já tem atingido a sua meta em uma campanha de financiamento coletivo no CrowdSupply.

O objetivo dos idealizadores do projeto é “respeitar todas as suas liberdades essenciais”, segundo a página deles no CrowdSupply. E o notebook, em teoria, faz isso ao usar apenas programas livres, de código aberto, do kernel até a camada mais próxima do usuário.

O notebook tem como sistema operacional o Purism GNU/Linux de 64 bits, que é baseado na Trisquel GNU/Linux, uma distribuição que não depende de firmwares proprietários e nem nada do gênero.

As configurações da máquina incluem um Intel Core i7-4770HQ de 3,4 GHz e quatro núcleos, uma Iris Pro Graphics 5200 integrada e até 32 GB de RAM. O HD começa nos 500 GB, e vai até 1 TB de SSD, enquanto o drive de CD e DVD pode ser simplesmente retirado ou trocado por mais um disco rígido. O corpo de alumínio pesa 2 Kg, tem 37,5 x 24,4 x 2,2 cm de dimensões e conta com três portas USB 3.0 e uma HDMI. O Wi-Fi é 802.11n e a tela, por fim, tem 15,6’’ e resoluções de 1 920 x 1 080 ou 3 840 x 2 160.


Desses componentes, apenas o processador não está totalmente alinhado com o projeto. Na explicação da Librem, o sistema básico de entrada/saída usa o coreboot, firmware “que inclui um binário da Intel chamado FSP”. Apesar disso, o chip ainda funcionará, pela primeira vez, com um código de BIOS não assinado, “o que permitirá um futuro em que o software livre poderá substituir os binários digitalmente assinados de BIOS proprietárias”.

Com o financiamento coletivo bem sucedido (a meta era de 250 mil dólares, mas o total arrecado passou dos 330 mil), os primeiros Librem 15 – com preços que começam nos 1 650 dólares – deverão ser entregues aos apoiadores em abril deste ano.

Serão produzidas 500 unidades na primeira leva após o fim do período no CrowdSupply. A meta depois disso é iniciar, até o meio deste ano, uma nova campanha, desta vez para o Librem 13 – um notebook com proposta parecida, mas com tela de 13 polegadas.

FONTE: INFO

COMENTÁRIOS