Em pleno dia do Natal, Steam sofre problemas de segurança e estabilidade


Na tarde da última sexta-feira (25) o Steam passou por alguns problemas de segurança e estabilidade, um susto em pleno Natal. Ao acessarem suas contas na loja da Valve, os usuários perceberam que a plataforma estava se comportando de maneira estranha, sendo até mesmo direcionados para páginas com informações privadas de outros usuários, como histórico de compras e endereço de e-mail, por exemplo.

O problema ocorria quando os usuários tentavam acessar as informações sobre suas próprias contas e eram direcionados para as páginas que queriam, porém, de outras pessoas. A preocupação foi grande e começou-se a especular se o Steam não teria sido invadido, vítima de um hack ou algo do gênero.

"Steam teve um dia muito difícil tendo primeiro um ataque DDoS e em seguida uma grande falha de segurança", especula o site Phoronix.

As especulações se agravaram por causa da maneira discutível que a Valve escolheu para lidar com o caso: completo silêncio. A companhia não se pronunciou, nem explicou o que estava acontecendo durante toda a tarde de ontem. A plataforma de distribuição digital de jogos simplesmente saiu do ar e somente à noite voltou à ativa, funcionando normalmente.

O Steam está de volta

Após o problema ser resolvido, a Valve decidiu se pronunciar sobre o assunto. De acordo com a empresa, as contas dos usuários estão seguras e não há mais motivos para alarmes:

"A Steam está de volta e rodando sem nenhum problema conhecido. Como um resultado de uma mudança de configuração hoje mais cedo, um problema no cache permitiu que alguns usuários vissem aleatoriamente páginas geradas para outros usuários por um curto período de menos de uma hora. Este problema foi resolvido. Nós acreditamos que nenhuma ação não autorizada foi permitida em contas além de ver as informações em cache da página e nenhuma ação adicional é requerida para os usuários", disse a Valve ao site Kotaku.

Todos os serviços do Steam voltaram à normalidade. Além disso, a Valve acredita que nenhum usuário será prejudicado por conta de eventuais ações feitas durante o período em que a falha ocorreu.


FONTE: Adrenaline | Phoronix | TecMundoKotaku

COMENTÁRIOS