Já está oficialmente disponível a especificação e SDK da API gráfica Vulkan 1.0


Um nova era no mundo dos jogos acaba de começar. Isso porque o Khronos Group lançou oficialmente na manhã desta terça-feira (16) a especificação da Vulkan 1.0, juntamente com o SDK open source desenvolvido pela LunarG com versões para Linux e Windows. A nova API é baseada no Mantle, da AMD, e chega com o objetivo de fornecer uma API gráfica multiplataforma e de baixo nível que possa ser utilizada por qualquer pessoa e que vire padrão em toda a indústria.

Vulkan também chega como a principal concorrente do DirectX 12 (da Microsoft) e Metal (da Apple), APIs que por sua vez são limitadas apenas ao Windows e OS X, respectivamente. Já a solução apresentada pelo Khronos Group, possui suporte para as plataformas Linux, Windows (nas versões 7, 8.1 e 10), Android e OS X, além de também poder estar presente nos consoles.



Entre as companhias envolvidas no desenvolvimento e no suporte ao Vulkan, podemos citar a Valve, Intel, AMD, Qualcomm, Imagination, NVIDIA, Electronic Arts e muito mais. Contudo, ao que pudemos ver desde o início, quando o desenvolvimento da API foi anunciado, a empresa de Gabe Newell é uma das que possuem um maior envolvimento neste empreendimento e não é uma coincidência que ele é o primeiro a ter algo a dizer sobre a Vulkan 1.0.

“Estamos extremamente satisfeitos com a execução rápida da iniciativa Vulkan API”, afirmou o cofundador e diretor da Valve, Gabe Newell. “Devido à disponibilidade em várias plataformas, alto desempenho e ecossistema aberto saudável, esperamos ver sua adoção rápida por desenvolvedores em um ritmo que supera a adoção de APIs semelhantes que estão limitadas a sistemas específicos.”

O OpenGL não vai acabar

Como já foi dito muitas vezes que a Vulkan é a tão aguardada sucessora do OpenGL, é comum que muitos de vocês venham acreditar que com a chegada desta nova API, o OpenGL já esteja com os seus dias contados, sendo descontinuado com o tempo.

Porém, a Vulkan não é a sucessora do OpenGL, mas complementa as APIs gráficas já existentes OpenGL e OpenGL ES, fornecendo aos desenvolvedores controle direto sobre a aceleração da GPU para um desempenho maximizado e previsibilidade com a sobrecarga da CPU minimizada.

Existe também rumores de que será adicionado o suporte ao SPIR-V no OpenGL, além de ser implementado outras melhorias nessa frente. O Khronos Group não está anunciando oficialmente hoje quaisquer novas especificações ou atualizações para o OpenGL, mas fique ligado para mais novidades ainda este ano.

Drivers, SDK e hardware suportado

O Khronos Group também criou um repositório no GitHub com todos os projetos de código aberto do consórcio, inclui também todos os tipos de ferramentas que são específicas para a nova API Vulkan.

Além disso, como você pode imaginar, os fabricantes de hardware já estão planejando fornecer drivers específicos com suporte à API Vulkan. Contudo, ao menos por enquanto, apenas a AMD e NVIDIA disponibilizaram drivers de vídeo em versões beta, mas apenas parao Windows.

A boa notícia é que o suporte para outras plataformas está sendo planejado, especialmente desde que agora também tem o Vulkan SDK: "LunarG lançou o primeiro Vulkan SDK para Windows e Linux simultaneamente com a especificação Vulkan 1.0. O SDK inclui camadas de validação para garantir o uso adequado da API Vulkan e melhorar a portabilidade entre plataformas e de hardware de gráficos. Camadas adicionais estão disponíveis para tirar screenshots, o rastreio da atividade da API e para executar outras tarefas de depuração ", diz o anúncio oficial do Khronos Group.

Para usufruir de todas as vantagens fornecidas pela API Vulkan, você terá que possuir uma placa de vídeo compatível. No caso da AMD, isso inclui uma APU e GPU Radeon baseada na arquitetura GCN (Graphics Core Next) a partir da série HD 7000 e superior. Por outro lado, quem prefere os produtos da NVIDIA, vai precisar de uma GPU baseada na tecnologia Kepler ou Maxwel (a partir da série GeForce GTX 600 e superior).

Talos Principle é o primeiro jogo com suporte ao Vulkan

A desenvolvedora Croteam anunciou nesta terça-feira (16) no Steam que também liberou um patch para Talos Principle que adiciona ao jogo um suporte beta para a Vulkan, fazendo do título o primeiro a ter suporte à nova API. Outro game do estúdio que também deve receber a novidade futuramente é Serious Sam 4.

Em breve estarão surgindo mais informações sobre a nova API Vulkan, por isso, para mais novidades, fique ligado no LinuxBuzz.


FONTE: PCWorld | Softpedia | PhoronixKhronos Group | NVIDIA | Steam

COMENTÁRIOS