DiRT Rally terá suporte oficial para GPUs AMD no Linux


A Feral Interactive anunciou na última segunda-feira, 6 de fevereiro, os requisitos de sistema para DiRT Rally no Linux, que deve chegar no dia 2 de março. Contudo, a boa notícia mesmo, mas, desta vez, para os donos de placas da AMD, é que o jogo terá suporte oficial para GPUs do lado vermelho da força, juntamente com a biblioteca de gráficos 3D Mesa 13.0.2 ou mais recente.

Isso só confirma o que já vínhamos falando aqui: a cada nova versão, Mesa está oferecendo um melhor suporte para placas da AMD, principalmente para modelos mais novos de placas de vídeo. Além da própria Feral Interactive contribuir com o Mesa, a AMD e Valve, que recentemente contratou desenvolvedores especialmente para isso, estão trabalhando junto com o projeto Mesa para que os drivers open source que lidam com GPUs "vermelhinhas" ofereçam um melhor desempenho com jogos AAA.

Sendo assim, os requisitos mínimos para jogar DiRT Rally no Linux, são um processador Intel Core i3-4130T ou AMD FX6300, 8 GB RAM, placa de vídeo NVIDIA GeForce GTX 650 Ti com o driver de vídeo 370.28 ou uma AMD Radeon R9 270 com Mesa 13.0.2 (ou mais recente) instalado. No caso do sistema operacional, a desenvolvedora apenas menciona o Ubuntu 16.10 (64bit) ou SteamOS (2.0 : 2.110), mas tudo indica que o jogo deve rodar em outras distribuições Linux.

Mas, se você quer obter um maior desempenho, os requisitos recomendados são um processador Intel Core i7-4770, 8 GB RAM e uma NVIDIA GeForce GTX 970 de 4GB ou melhor.


FONTE: Feral Interactive

COMENTÁRIOS