Com o próximo Mesa 17.1, processadores Intel Ivy Bridge terão suporte ao OpenGL 4.2


Se você é daqueles que possuem processador Ivy Bridge, que correspondem à terceira geração dos chips iX (i3, i5 e i7) da Intel e, claro, faz uso dos gráficos integrados, temos uma boa notícia para você: com a chegada da próxima versão da biblioteca de gráficos 3D Mesa, a 17.1, será possível rodar jogos e aplicações que exigem no mínimo o suporte ao OpenGL 4.2.

Isso basicamente significa que, ao atualizar para o Mesa 17.1, não só o suporte ao OpenGL 4.0, mas também a versão 4.2 da API gráfica será oficialmente suportada por processadores Ivy Bridge, onde atualmente são limitados ao OpenGL 3.3. A novidade é possível graças a adição das extensões ARB_gpu_shader_fp64 e ARB_vertex_attrib64, o que resultou na conquista de mais um marco importante para o projeto.

"Nós, da Igalia, estávamos envolvidos na habilitação da extensão ARB_gpu_shader_fp64 para diferentes gerações da Intel: primeiro para Broadwell e mais recente, depois para Haswell. Agora, o suporte para Ivy Bridge terminou e desembarcou no ramo principal do Mesa", explica o desenvolvedor Samuel Iglesias Gonsálvez, da Igalia.

"Esse recurso foi o último a expor o OpenGL 4.0 no Intel Ivy Bridge com o driver open-source do Mesa. Esta é uma grande conquista para uma geração de hardware antiga (Ivy Bridge foi lançado em 2012), que permite aos usuários rodar jogos/aplicativos OpenGL 4.0 no GNU/Linux sem substituir a versão suportada por uma variável de ambiente específica do Mesa. [...] O suporte para [a extensão] ARB_vertex_attrib64 também chegou, o que significa que estamos expondo o OpenGL 4.2 no Intel Ivy Bridge!", concluiu.

Mesa 17.1 será lançado oficialmente no início do mês de maio, caso tudo ocorra como o planejado.


FONTE: PhoronixIgalia Blog

COMENTÁRIOS