Lançado o AMDGPU-PRO 17.10 com suporte para o Ubuntu 16.04.2 LTS


Sem fazer alarde, a AMD lançou recentemente mais uma nova versão do seu driver de vídeo para a plataforma Linux. Trata-se do AMDGPU-PRO 17.10, que chega um pouco mais de dois meses após a versão 16.60, que por sua vez adicionou suporte para placas gráficas AMD Radeon HD 7xxx/8xxx. Este novo lançamento, no entanto, traz suporte para o Ubuntu 16.04.2 LTS (Xenial Xerus) de 64 bits.

A adição do suporte do driver ao Ubuntu 16.04.2 LTS também significa que o software agora pode lidar melhor com o Linux Kernel 4.8, mas ainda não se sabe se as versões 4.10 e 4.11 do kernel Linux também são suportadas. Além disso, o driver também deve rodar melhor no Ubuntu 16.10, já que este também possui os mesmos componentes do Ubuntu 16.04.2 LTS.

Alguns problemas também foram resolvidos no AMDGPU-PRO 17.10, como falhas de inicialização no sistema operacional Red Hat Enterprise Linux 7.3 ao usar o Display Port 1.2, bem como uma correção para corrupção de tela periódica durante a reinicialização do sistema se o modo de desempenho fosse alterado manualmente.

De acordo com o site da AMD, os sistemas operacionais oficialmente suportados em suas versões de 64 bits são o Red Hat Enterprise Linux 7.3 e 6.8, CentOS 7.3 e 6.8, SUSE Linux Enterprise Desktop e Server 12 Service Pack 2 e Ubuntu 16.04.2 LTS. Mais detalhes sobre todos os modelos de placas de vídeo suportadas você encontra clicando aqui.

Já entre os recursos oferecidos pelo driver da fabricante, podemos citar o suporte para as APIs OpenGL 4.5 e GLX 1.4, OpenCL 1.2 e Vulkan 1.0, bem como a VDPAU, suporte para as tecnologias ADF (Atomic Display Framework), KMS (Kernel Mode Setting), Radeon FreeSync, AMD FirePro e muito mais.

Contudo, infelizmente, alguns problemas conhecidos ainda estão presentes nesta nova versão do AMDGPU-PRO. Segundo a AMD, o sistema trava quando o OpenCL aloca mais do que a memória RAM disponível na máquina, um deadlock acontece ao executar o teste Vulkan CTS dEQP-VK.synchronization.internally_synchronized_objects.pipeline_cache_compute e o X.Org Server falha ao executar a aplicação Ansys V18 em sistemas RHEL.

Você pode fazer download agora mesmo do AMDGPU-PRO 17.10 clicando aqui.


FONTE: Softpedia | AMD

Comentários