Lançado o AMDGPU-PRO 17.20 com suporte para a Radeon Vega Frontier Edition


Com a chegada da primeira placa de vídeo com sua nova arquitetura Vega, a Radeon Frontier Edition, que chega para ser o mais rápido processador gráfico para aprendizado de máquina (do inglês machine learning), a AMD decidiu que os usuários Linus não devem ficar de fora dessa e lançou também o AMDGPU-PRO 17.20 como a nova série do seu driver de vídeo proprietário para o sistema do pinguim que chega para oferecer suporte ao novo produto da empresa.

A nova versão do driver é finalmente uma grande atualização sobre a série anterior 17.10. Além do suporte para a nova Radeon Vega Frontier Edition, o driver AMDGPU-PRO 17.20 agora incluiu também o componente ROCm (Radeon Open Compute Platform) como um substituto ao seu antigo driver OpenCL. A plataforma ROCm traz uma base rica para computação avançada integrando a CPU e a GPU de forma perfeita com o objetivo de resolver problemas do mundo real.


Segundo as notas de lançamento, "as instalações do Ubuntu 16.04.2 e RHEL 7.3/CentOS 7.3 incorporam o componente ROCm que pode ser opcionalmente instalado para executar aplicativos Compute/OpenCL - qualquer outra versão do ROCm não é suportada no momento". Mas ainda não está claro se este componente ROCm é a nova versão da plataforma, que a AMD prometeu lançar em 29 de junho.

O suporte para a Vega e a integração ROCm são as únicas mudanças mencionadas para o AMDGPU-PRO 17.20, embora o suporte Vega forneça uma implementação DC (anteriormente conhecida como DAL) atualizada no módulo DKMS do driver driver.

Como a nova versão do driver não menciona o Ubuntu 17.04 como oficialmente suportado, fica claro que novas versões do kernel Linux e do servidor de exibição Xorg ainda não são suportados pelo AMDGPU-PRO. Como já era de se esperar, há suporte oficial apenas para o Ubuntu 16.04.2 LTS, RHEL/CentOS 7.3, RHEL/CentOS 6.9 e SLED/SLES 12 SP2.

Você já pode fazer download do novo AMDGPU-PRO 17.20, através deste link.


FONTE: Phoronix

Comentários