Lançado o Linux Kernel 4.12 com suporte inicial para a AMD Radeon RX Vega e muito mais


Após sete semanas em desenvolvimento, período em que foram lançados também diversas versões Release Candidate (RC), foi oficialmente anunciado o Linux Kernel 4.12, que chega trazendo diversas melhorias e suporte para novos hardwares, como é o caso das placas de vídeo AMD Radeon RX Vega, que ainda devem ser anunciadas no final deste mês, no evento SIGGRAPH 2017, o que o torna um dos maiores lançamentos desde o Linux 4.9.

"Conforme mencionado nos vários anúncios rc, [o Linux Kernel] 4.12 é um dos maiores lançamentos historicamente, e acho que apenas [a versão] 4.9 acaba tendo mais commits. E 4.9 foi grande pelo menos em parte porque Greg anunciou que era um kernel LTS. Mas [o Linux Kernel] 4.12 é simplesmente grande", explica Linus Torvalds.

Entre os destaques da nova versão do kernel, está o suporte inicial no driver de vídeo Nouveau para aceleração 3D em placas de vídeo da NVIDIA com arquitetura Pascal. No entanto, ainda não há suporte para re-clocking em GPUs NVIDIA, então o desempenho ainda será muito lento em hardwares Maxwell e Pascal.

Por outro lado, como mencionado anteriormente, o suporte inicial para as placas de vídeo Radeon RX Vega, da AMD, está disponível no Linux Kernel 4.12. Contudo, alguns recursos importantes ainda continuam ausentes, até que o código DC/DAL seja implementada no kernel. Sendo assim, se você está interessado em adquirir uma GPU Vega, terá que recorrer ao driver de vídeo proprietário AMDGPU-PRO.

Além disso, há melhorias para o sistema de arquivos F2FS (Flash-Friendly File System), gerenciador de portas USB Type-C, suporte aprimorado para backlight do teclado no driver para notebooks da Dell, correção no driver de áudio para Intel Skylake e SoCs Atom, bem como novos drivers de áudio para novas placas de som e chips.

Claro, o Linux Kernel 4.12 conta com muitas outras melhorias de estabilidade e de segurança para vários sistemas de arquivos suportados e arquiteturas de hardware, inúmeros drivers atualizados, melhorias de rede e muitas outras correções de erros.

Um bom exemplo de melhoria na estabilidade, visando o usuário de desktop, é a implementação do BFQ (Budget Fair Queue), um "I/O scheduler" que promete melhorar o desempenho da distribuição Linux que adotar o Linux Kernel 4.12, bem como equilibrar como o sistema operacional acessa os dados em um HD ou SSD, por exemplo, garantindo que, em nenhum momento, um único aplicativo esteja usando toda a largura de banda, algo que deve diminuir a lentidão ou congelamento do sistema ao copiar grandes arquivos.

O código fonte do Linux Kernel 4.12 está disponível para download no site kernel.org.


FONTE: Phoronix | OMG! Ubuntu! | LKML

Comentários