Wayland é confirmado como o padrão para o Ubuntu 17.10


É isso mesmo que você está pensando: o Wayland será o servidor de exibição padrão no Ubuntu 17.10 (Artful Aardvark). Embora fosse este o plano desde o início, os desenvolvedores da Canonical ainda tinham dúvidas em adotar o Wayland como o padrão no lugar do Xorg, fazendo até mesmo com que Will Cooke, líder da equipe do Ubuntu Desktop, afirmasse que o "Wayland ainda não estava pronto".

Desde então, graça aos testes feitos por diversos usuários em diferentes hardwares, a equipe de desenvolvimento do Ubuntu chegou a conclusão que o Ubuntu 17.10 oferecerá uma sessão Wayland como a padrão. A decisão tomada agora também beneficiará a próxima série com suporte de longo prazo do Ubuntu, a 18.04 LTS, já que a implementação será testada mais amplamente pela comunidade em diversos cenários, deixando tudo ainda mais estável, além de, claro, ajudar a acelerar a adoção do Wayland como o padrão por outras distribuições Linux.

As builds diária de desenvolvimento do Ubuntu 17.10 devem oferecer a sessão Wayland como a padrão muito em breve      mas isso não impede que você possa testar o Ubuntu 17.10 com o Wayland agora.

A sessão Xorg ainda estará presente

Se você é dono de uma placa de vídeo da NVIDIA, curte uma boa jogatina ou possui um hardware que esta tecnologia de servidor de exibição de próxima geração ainda não oferece um bom suporte, não entre em pânico. Embora o Wayland seja o padrão, não é obrigatório.

O Ubuntu ainda terá uma sessão Xorg disponível que estará pronta para usar a um ou dois passos. Isso deve vir como um grande alívio para a maioria dos usuários que possui hardwares onde o Wayland atualmente não funciona bem o suficiente para ser usado diariamente.

Você já testou o Ubuntu com Wayland? Como foi a sua experiência? Deixe-nos saber!


FONTE: OMG! Ubuntu!

Comentários