KDE Plasma 5.11 Beta chega com melhorias para Wayland, correções e muito mais


Foi lançada na última quinta-feira (14) a versão beta do KDE Plasma 5.11, dando aos usuários o primeiro vislumbre do que esperar do lançamento final. A nova versão do ambiente gráfico conta com várias melhorias, correções e novos recursos, principalmente para o painel de configurações do sistema (System Settings), histórico de notificações, Wayland, bem como para o menu de aplicativos e para o gerenciador de tarefas.

KDE Plasma 5.11 Beta

O KDE Plasma 5.11 também é a primeira versão do popular ambiente gráfico que traz uma nova ferramenta focada na privacidade do usuário chamada Plasma Vault, que promete deixar que você criptografe seus documentos e arquivos mais preciosos de maneira segura e fácil, o que tornará o KDE Plasma uma das melhores e seguras opções para o ambiente de trabalho e home office, por exemplo.


Quem também recebeu um pouco mais de atenção nesta nova versão do ambiente gráfico foi System Settings que agora conta com um novo design que promete permitir que você acesse mais fácil às configurações frequentemente usadas.
"É o primeiro passo para tornar esta aplicação frequentemente utilizada e complexa mais fácil de navegar e mais fácil de usar. O novo design é adicionado como uma opção, os usuários que preferem o design antigo podem voltar para o modo preferido de navegação", explicam os desenvolvedores.

Wayland

O KDE Plasma 5.11 Beta traz várias melhorias para o servidor de exibição de próxima geração Wayland. Entre as novidades, o KWin, compositor padrão do ambiente gráfico, agora pode aplicar automaticamente a escala com base na densidade de pixels de uma tela e, mesmo assim, para cada tela individualmente.

Segundo os desenvolvedores, isso melhorará significativamente a experiência do usuário em configurações com vários monitores, como quando um monitor externo está conectado a um notebook moderno de alta resolução. Além disso, as aplicações que não suportam esta funcionalidade podem ser aprimoradas para permanecer legíveis.

"A característica mais visível da sessão Wayland é, provavelmente, um gráfico mais suave, levando a uma experiência de usuário mais limpa e agradável. O suporte ao Wayland do Plasma foi já estava em progresso a algum tempo e, enquanto não está totalmente disponível como um substituto para X11, mais e mais usuários usam Wayland diariamente", garantem os desenvolvedores.

"O trabalho começou visando um ambiente completamente livre do X, iniciando a camada de compatibilidade Xwayland apenas quando um aplicativo exige. Isso acabará por melhorar a segurança e o desempenho, bem como o menor consumo de recursos. Além disso, agora é possível usar o ConsoleKit2 para configurar a sessão Wayland, estendendo o número de plataformas suportadas."

Mais detalhes sobre o KDE Plasma 5.11 Beta você encontra no anúncio oficial, clicando aqui.


FONTE: KDE

Comentários