AMD lança driver beta específico para mineração e computação GPGPU no Linux


A AMD lançou recentemente uma nova versão beta do seu driver para a plataforma Linux com foco especialmente para mineração e computação GPGPU no sistema do pinguim com placas de vídeo do "lado vermelho da força". Trata-se do AMDGPU-Pro Mining Driver, de versão 17.40, que promete oferecer alguns recursos importantes para aqueles que desejam usar a sua GPU para executar cálculos complexos.

De acordo site oficial da empresa, o driver está otimizado para cargas de trabalho de computação blockchain. Ainda, segundo a companhia, "Este driver é fornecido como um driver de suporte de nível beta que deve ser considerado 'como está' e não será suportado com mais atualizações, upgrades ou correções de bugs. Este driver não se destina a cargas de trabalho de gráficos ou jogos".

O novo driver suporta oficialmente as seguintes distribuições Linux de 64 bits: RedHat Enterprise Linux 7.3, CentOS 7.3 e Ubuntu 16.04.3. Outro detalhe que merece ser ressaltado é que o usuário precisará fazer algumas configurações especiais em sua distro. Para mais detalhes, bem como os links para download, não deixe de conferir o site oficial da AMD, clicando aqui.

Para cenários que envolvem cargas de trabalho usadas na mineração de criptomoedas, o AMDGPU-Pro Mining Driver provavelmente chega como a melhor opção, especialmente quando levamos em consideração que as implementações open source que oferecem suporte ao OpenCL, API utilizada para aproveitar o poder computacional de GPUs AMD, ainda são muito limitadas, no entanto, isso deve mudar em um futuro não muito distante.


FONTE: Phoronix | AMD

Comentários